Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do papel do gene supressor de tumor RECK em divisões celulares assimétricas

Processo: 16/18277-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 10 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 05 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Mari Cleide Sogayar
Beneficiário:Marina Trombetta Lima
Supervisor no Exterior: Makoto Noda
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Kyoto University, Japão  
Vinculado à bolsa:15/26328-8 - Análise comparativa do papel do gene supressor de tumor RECK na sub-população de células-tronco tumorais de GBM e em precursores neurais normais, BP.PD
Assunto(s):Pele   Células-tronco   Retina

Resumo

As divisões assimétricas de células progenitoras resultam em células filhas com diferentes potencias de diferenciação. O gene Reck foi primeiramente descrito pelo grupo do Professor Noda e codifica uma proteína de 110KDa implicada na inibição de MMPs. Precursores neurais com deficiência em Reck apresentam diferenciação precoce ligada a uma sinalização de Notch deficiente e a baixa expressão de Reck em células-tronco mesenquimais favorece a diferenciação adipogênica. Esses resultados sugerem que Reck pode influenciar a determinação do destino de diferenciação de células-tronco. No presente projeto, propomos investigar o papel dos transcritos de Reck na determinação do destino de diferenciação de células-tronco através da análise de seus papéis na regulação de divisões celulares assimétricas (DCAs). Aqui, propõe-se investigar as consequências da depleção de Reck na determinação da arquitetura de dois tecidos nos quais a regulação de DCAs é crucial: pele e retina. Uma análise comparativa será realizada entre explantes destes tecidos provenientes de camundongos selvagens e depletados para Reck em diferentes etapas do desenvolvimento. Os explantes serão avaliados quando a razão entre divisões celulares assimétricas e simétricas e o destino de diferenciação de seus progenitores. Em adição, células-tronco de camundongos dos mesmos animais serão submetidas a protocolos de neurodiferenciação quando sobre diferentes padrões de micro-adesão de modo a caracterizar o papel de Reck como mediador de sinais extracelulares que modulam DCAs. Esperamos que o presente estudo contribua para o entendimento dos mecanismos de modulação de DCAs e contribua para a compreensão de patologias como o câncer.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ASSIS-RIBAS, THAIS; FORNI, MARIA FERNANDA; BROCHADO WINNISCHOFER, SHEILA MARIA; SOGAYAR, MARI CLEIDE; TROMBETTA-LIMA, MARINA. Extracellular matrix dynamics during mesenchymal stem cells differentiation. Developmental Biology, v. 437, n. 2, p. 63-74, MAY 15 2018. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.