Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade antimicrobiana de extratos brutos produzidos por actinobactérias isoladas do solo da Caatinga

Processo: 16/17977-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Luiz Alberto Beraldo de Moraes
Beneficiário:Talita Carla de Tralia Medeiros
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Anti-infecciosos   Cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas   Antibióticos

Resumo

O crescente surgimento de linhagens de micro-organismos resistentes aos antibióticos comumente utilizados nas diversas terapias humanas e veterinária, vem despertando a atenção de grupos de pesquisas, para a necessidade de isolamento, identificação de novos compostos antimicrobianos, bem como, a avaliação do modo de ação desses novos compostos que atuem efetivamente no controle dessas linhagens multirresistentes. Sem duvida alguma, a química de produtos naturais microbianos é uma excelente fonte para o busca de substancias com potente atividade antimicrobiana. Historicamente, mais de 60% dos principais antibióticos comercializados hoje em dia, são produzidos por actinobactérias ou tiveram suas estruturas inspiradas por eles. Apesar desse sucesso histórico, nos últimos anos a descoberta de novas estruturas químicas com atividade antimicrobiana teve um declínio, principalmente devido a repetição de metodologia levando ao isolamento de compostos de estrutura conhecidas. Desta forma este projeto de iniciação cientifica tem como principal objetivo explorar o potencial das actinobactérias isoladas do bioma Caatinga, como uma fonte de substâncias bioativas inéditas. O bioma Caatinga é único no mundo e seus micro-organismos estão adaptados às altas temperaturas, excesso de radiação UV, estresse hídrico e escassez de nutrientes. Desse modo, esses micro-organismos têm o potencial de possuir propriedades fisiológicas e bioquímicas únicas para a produção de metabolitos secundários inéditos. Os extratos brutos gerados serão submetidos a ensaios de disco de difusão utilizando como alvo biológico bactérias do gênero Staphylococcus sp., Escherichia coli e Streptococcus sp., isoladas do leite de vacas com mastite pré-clínicas, a fim de se identificar extratos brutos e compostos isolados que possam se empregados com anti mastítico.