Busca avançada
Ano de início
Entree

Interferência de Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland no mecanismo de adesão de biofilmes de Candida albicans

Processo: 16/17109-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 09 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 08 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia
Pesquisador responsável:Taís Maria Bauab
Beneficiário:Matheus Aparecido dos Santos Ramos
Supervisor no Exterior: Hendrik Jan Busscher
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : University Medical Center Groningen (UMCG), Holanda  
Vinculado à bolsa:14/24626-9 - Syngonanthus nitens (Bong.) ruhland: prospecção químico-biológica do extrato metanólico de escapos no tratamento da candidíase vulvovaginal, BP.DR
Assunto(s):Microbiologia   Biofilmes   Capim dourado

Resumo

Este projeto está associado à FAPESP (processo 2014/24626-9), intitulado: "Syngonanthus nitens (Bong.) Ruhland: prospecção químico-biológica do extrato metanólico de escapos no tratamento da candidíase vulvovaginal ". O trabalho será realizado sob supervisor do Prof. Dr.Ir. Hendrik Jan Busscher (University Medical Center Groningen/University of Groningen, Groningen - The Netherlands), um pesquisador que é bem reconhecida por seus estudos envolvendo biofilmes microbianos. A incidência de doenças crônicas causadas por biofilmes fúngicos tais como a candidíase causada por Candida albicans tem aumentado dramaticamente nas últimas décadas, como resultado de uma população cada vez maior de pacientes imunocomprometidos e constitui a infecção fúngica mais comum em todas as idades. A terapia disponível para episódios de candidíase por esta espécie tem limitações, como altas taxas de efeitos colaterais e prevalência de cepas resistentes a múltiplas drogas, e o principal fator deste problema está associado a presença de biofilme. Assim, os estudos desenvolvidos no laboratório do Prof. Dr.Ir. Hendrik Jan Busscher busca investigar o comportamento de biofilmes microbianos para melhor compreender e oferecer uma perspectiva mais geral de novos paradigmas da patogênese de C. albicans e sua relação fungo- hospedeiro durante a candidíase. Este projeto pretende explorar a influência de derivados de Syngonanthus nitens na adesão de biofilme fúngico para compreender ainda mais o mecanismo de ação relacionado com a atividade antifúngica, uma vez que confirmamos que este derivado vegetal possui tal propriedade. Nós também gostaríamos de descobrir se existem diferenças no mecanismo de ação quando este derivado da planta está incorporado ou não em um sistema nanoestruturado de liberação de fármacos. Os ensaios de interferência de biofilmes serão realizados numa câmara de fluxo de placas paralelas e em células do epitélio vaginal. Além disso, experimentos transcriptômicos relacionados com a expressão de genes associados à aderência do biofilme, a síntese de ergosterol e ao perfil de resistência, serão realizados para explicar o papel deste derivado de planta (incorporado ou não em um sistema nanoestruturado) na inibição de biofilmes. Em conclusão, este trabalho irá conduzir o ganho de conhecimento para explorar novas abordagens de extratos vegetais com propriedades antifúngicas contra a adesão de biofilme de Candida albicans.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.