Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de um novo produto de hidrólise do xiloglucano resultante da ação sinérgica entre uma mistura de beta-galactosidase/alfa-xilosidase

Processo: 16/15708-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 31 de outubro de 2016
Vigência (Término): 27 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Richard John Ward
Beneficiário:Lara Aparecida Buffoni de Campos Carneiro
Supervisor no Exterior: Paul Dupree
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Cambridge, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:12/24147-8 - Desenho racional de enzimas multifuncionais para despolimerização do material lignocelulósico, BP.DR
Assunto(s):beta-Galactosidase   Xiloglucano   Oligossacarídeos

Resumo

O xiloglucano é um dos mais abundantes polissacarídeos hemicelulósicos, sendo um dos principais responsáveis por manter as microfibrilas de celulose firmemente unidas, contribuindo, dessa forma, com a complexa rede de polissacarídeos que define a arquitetura da parede celular vegetal. Além disso, o xiloglucano desempenha tanto funções estruturais, quanto funções de sinalização e as enzimas que o modificam são de extrema importância na biologia vegetal. O estudo de enzimas ativas sobre carboidratos é essencial para o entendimento da estrutura da parede celular de plantas e para a elucidação dos mecanismos envolvidos na despolimerização da biomassa vegetal. Nosso laboratório tem se dedicado ao entendimento dos mecanismos de degradação enzimática dos polissacarídeos da parede celular de plantas e durante o curso do projeto de doutorado "Desenho racional de enzimas multifuncionais para a despolimerização de material lignocelulósico" (FAPESP 2012/24147-8), nós observamos um efeito sinérgico entre uma ²-galactosidase (YesZ de B. subtilis) e uma ±-xylosidase (YicI de E. coli) sobre os oligossacarídeos do xiloglucano de Jatobá (H. courbaril), que resultou na produção de um oligossacarídeo desconhecido como produto de hidrólise. Observamos também que YesZ é capaz de reagir com pNPGal na presença de xilose e liberar um produto de transgalactosilação entre xilose e galactose, e, diante disto, nós supusemos que este novo oligossacarídeo possa ser resultado de transgalactosilação. Dessa forma, propomos um estudo da composição e caracterização estrutural tanto do oligossacarídeo utilizado como substrato para YesZ, quando do produto obtido, resultante da atividade de trans-²-galactosidase. Para que isso seja realizado, será necessário realizar técnicas da análise de carboidratos, incluindo PACE (Polysaccharide Analysis by Carbohydrate gel Electrophoresis) e RMN (Ressonância Magnética Nuclear).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARNEIRO, LARA A. B. C.; WARD, RICHARD J. Functionalization of paramagnetic nanoparticles for protein immobilization and purification. Analytical Biochemistry, v. 540, p. 45-51, JAN 1 2018. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.