Busca avançada
Ano de início
Entree

Geração in vitro de células germinativas primordiais suínas e avaliação funcional in vivo

Processo: 15/25564-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 02 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:André Furugen Cesar de Andrade
Beneficiário:Naira Caroline Godoy Pieri
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/14884-9 - Geração de células-tronco pluripotentes induzidas (iPSCs) através de diferentes métodos de reprogramação e caracterização do estado de pluripotência no modelo de cão, BE.EP.PD
Assunto(s):Células-tronco   Células germinativas   Espermatogênese

Resumo

As células germinativas primordiais (PGCs) são formadas no início do desenvolvimento embrionário no epiblasto,migram, colonizam a crista genital, proliferam e diferenciam em gametas maduros, possibilitando agametogênese e a geração de um novo indivíduo. Entretanto, os estudos com PGCs são limitados devido à sualocalização no embrião e ao fato de que o processo de migração não é bem conhecido em todas as espécies. Foireportado recentemente que as células embrionárias (ESCs) de camundongos são capazes de diferenciar emPGCsproduzidasin vitro (iPGCs). Outra forma de gerar as PGCs é por meio das células tronco pluripotentesinduzidas (iPS), que são células reprogramadas capazes de diferenciar em qualquer tipo celular e apresentamcaracterística de células tronco embrionárias, portanto vem sendo utilizadas em diversos estudos principalmentena biotecnologia. Assim a obtenção de (iPGCs) e de gametas maduros por meio das iPS é de extremo interessetanto por oferecer uma alternativa nas clínicas de reprodução para pacientes, para a compreensão do complexomecanismo da gametogênese, além de ser benéfica tanto para aplicações agropecuárias e biomédicas.Entretanto, a produção destas células in vitro vem sendo realizada no modelo animal, com interesse na geraçãode animais transgênicos e na produção de gametas artificiais maduros. Neste contexto, os suínos sãoconsiderados um modelo viável e interessante para pesquisas nesta área, por apresentarem várias característicassimilares aos humanos e por ser um modelo que pode ser incorporado aos interesses clínicos. Portanto, esteestudo visa contribuir no entendimento das células germinativas primordiais suína (pPGCs) e no desenvolvimentodestas células in vitro, por meio das células tronco pluripotentes induzidas (iPS), e desta maneira, poder emestudos futuros verificar o potencial de viabilidade in vivo destas células, avaliar o potencial do modelo préclínicosuíno para sua utilização em pesquisas na medicina veterinária e humana relacionadas com defeitos das célulasgerminativas ou de outras doenças que causem a infertilidade ou falta de gametas funcionais.