Busca avançada
Ano de início
Entree

Preconceito racial e sexual: um estudo com jovens em contexto periurbano

Processo: 16/14328-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia Social
Pesquisador responsável:Alessandro de Oliveira dos Santos
Beneficiário:Marcelo Jardim dos Santos
Instituição-sede: Instituto de Psicologia (IP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/11199-2 - Atuação do psicólogo no tema das relações étnico/raciais: um estudo na Região Metropolitana de São Paulo, AP.JP
Assunto(s):Preconceito racial   Orientação sexual   Relações étnicas e raciais   Urbanidade   Jovens   Inquéritos e questionários   Estudos de coortes

Resumo

O preconceito é uma expressão de violência, constituindo-se como atribuição social de malignidade manifesta por meio da hostilidade e rejeição agressiva contra determinados grupos. Este estudo tem como objetivo descrever a predisposição ao preconceito racial e sexual, investigando como se da a intersecção de ambos entre jovens escolares de contexto periurbano. Para isso será realizado um estudo quantitativo, descritivo e exploratório com base na aplicação de questionários fechados junto a uma amostra de 344 jovens moradores do município de Pitangueiras/SP, com idades entre 15 e 19 anos. Os instrumentos psicométricos aplicados visam encontrar a correlação estatística entre a predisposição ao preconceito sutil/implícito e flagrante/explícito contra pessoas de orientação sexual homoafetiva e negros. Trata-se de construir conhecimento sobre a relevância dos marcadores sociais raça e orientação sexual na produção das vulnerabilidades e violação de direitos. Desse modo, contribuindo com recomendações para definição e aprimoramento de serviços, programas e políticas públicas no âmbito escolar e periurbano.