Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise biológica, expressão de marcadores de superfície e atividade antimicrobiana de ligas de titânio-molibdênio quando em contato com células tronco mesenquimais humanas (ADSC) ou co-cultura de osteoblastos e osteoclastos

Processo: 16/13155-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 23 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 22 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Samira Esteves Afonso Camargo
Beneficiário:Samira Esteves Afonso Camargo
Anfitrião: Ketul C Popat
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Colorado State University, Estados Unidos  
Assunto(s):Bioquímica   Osso e ossos   Clorexidina

Resumo

A proposta deste estudo será analisar o comportamento biológico de ligas de nanotubúlos (Ti- 7,5Mo) com ou sem tratamento de clorexidina sobre células tronco mesenquimais humanas derivadas do tecido adiposo (ADSC) utilizando testes de citotoxicidade (teste de WST-1), genotoxicidade (ensaio de micronúcleos) e avaliação da atividade antimicrobiana sobre um fungo e microorganismos aeróbicos e anaeróbicos. Será ainda realizada análises quantitativas em culturas isoladas de osteoblastos e osteoclastos ou em um modelo de co-cultura (osteoblastos + osteoclastos) da expressão da atividade de fosfatase alcalina (ALP), osteocalcina (OC), osteopontina (OP), osteonectina (ON) e RANKL por microscopia confocal de fluorescência. Serão estabelecidos três grupos das ligas de titânio-molibdênio: Ti 7,5Mo sem clorexidina, Ti 7,5Mo + clorexidina 0,2%, Ti 7,5Mo + clorexidina 2%. As células tronco mesenquimais humanas derivadas do tecido adiposo (ADSC) serão expostas as ligas de Ti-7,5Mo por 24 h, 4 e 7 dias e a sobrevivência celular será mensurada pelo teste de WST-1 em espectrofotômetro (420 nm). A genotoxicidade será determinada pela formação de micronúcleos nas células após 24 h de exposição às ligas de Ti-7,5Mo e ao etilmetano sulfanato (controle positivo). A atividade antimicrobiana das ligas de Ti-7,5Mo será avaliada sobre cultura planctônica e sobre biofilme de Candida albicans, Enterococcus faecalis, Streptococcus mutans, Porphyromonas gengivalis, Prevotella intermedia, Fusobacterium nucleatum. Ainda será avaliada a expressão quantittativa de marcadores de superfície de co-cultura de osteoblastos e osteoclastos ou culturas isoladas dos mesmos em contato com as ligas de Ti-7,5Mo por diferentes períodos utilizando microscopia confocal de fluorescência (Nikon) e será realizada a quantificação com auxílio do software Image J. Os resultados serão estatisticamente analisados pelos testes ANOVA e Tukey e Mann-Whitney-U (p<0,05).