Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência do meio na eficiência fotodinâmica de azul de metileno na intativação de Candida Albicans

Processo: 16/13488-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Radiologia e Fotobiologia
Pesquisador responsável:Christiane Pavani
Beneficiário:Natalia Gesse Sobrinho
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vergueiro. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Azul de metileno   Terapia fotodinâmica   Candida albicans

Resumo

Candidíase oral é uma infecção oportunista da causada por Cândida albicans. Considerando as desvantagens de tratamentos com agentes antifúngicos, em especial o desenvolvimento de resistência, a terapia fotodinâmica (PDT, do inglês Photodynamic Therapy) mostra-se uma alternativa interessante. A PDT é uma modalidade de tratamento que se baseia no uso concomitante de um agente fotossensibilizador e luz, na presença de oxigênio. O azul de metileno, devido ao baixo custo, tem sido amplamente testado na PDT clínica. Infelizmente, devido à falta de padronização dos protocolos clínicos de PDT com AM, frequentemente encontra-se relatos na literatura que a PDT não traz benefícios adicionais em comparação à outras modalidades de tratamento. Em especial, devido às peculiaridades físico-químicas, o azul de metileno pode ter sua atividade modulada devido ao seu mecanismo de ação ser definido por seu estado de agregação. Neste sentido, a identificação das relações entre agregação, mecanismo de ação e efetividade conta microrganismos, bem como o estabelecimento de meios e formulações que possam favorecer o mecanismo mais efetivo são essenciais. Este estudo busca avaliar a eficácia da terapia fotodinâmica (PDT) com azul de metileno (AM) variando o meio de tratamento no controle de C. albicans, in vitro com o objetivo de estabelecer relações entre o estado de agregação, efetividade e mecanismo fotoquímico. Amostras contendo C. albicans serão irradiadas com LED vermelho na presença de azul de metileno em diferentes veículos e, após diluição são cultivadas em placas de petri contendo meio de Ágar Sabouraud dextrose e unidades formadoras de colônias, são contadas após 24h de incubação a 37 °C. Diante dos resultados obtidos por meio deste projeto espera-se obter informações relevantes para se propor protocolos clínicos mais eficientes para o tratamento de candidíase oral.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DA COLLINA, GABRIELA ALVES; FREIRE, FERNANDA; DA COSTA SANTOS, THABATA PAULINO; SOBRINHO, NATALIA GESSE; AQUINO, SIMONE; PRATES, RENATO ARAUJO; TEIXEIRA DA SILVA, DANIELA DE FATIMA; RATTO TEMPESTINI HORLIANA, ANNA CAROLINA; PAVANI, CHRISTIANE. Controlling methylene blue aggregation: a more efficient alternative to treat Candida albicans infections using photodynamic therapy. PHOTOCHEMICAL & PHOTOBIOLOGICAL SCIENCES, v. 17, n. 10, p. 1355-1364, OCT 1 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.