Busca avançada
Ano de início
Entree

A política externa de segurança norte-americana no pós-guerra fria: fatores internos e a construção das ideias

Processo: 16/18074-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Política Internacional
Pesquisador responsável:Samuel Alves Soares
Beneficiário:Bárbara Vasconcellos de Carvalho Motta
Supervisor no Exterior: Daniel Nexon
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Local de pesquisa: Georgetown University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/14071-0 - Guerra e paz: a práxis de securitização dos Estados Unidos no Pós-Guerra Fria, BP.DR
Assunto(s):Política externa   Relações internacionais   Estados Unidos   Identidade nacional

Resumo

Esse projeto de pesquisa no exterior tem por objetivo analisar a construção das ideias formadoras da identidade norte-americana, bem como o consenso político estabelecido nas suas seguintes intervenções externas: Kosovo em 1998; Iraque, durante a Guerra do Golfo em 1991 e, posteriormente, em 2003 no contexto da guerra ao terror; Afeganistão em 2001, também na lógica do combate ao terrorismo; e Líbia em 2011. Essa pesquisa no exterior é central para avançar na metodologia de process-tracing indicada no projeto de pesquisa no país intitulado "Guerra é Paz: a práxis de securitização dos Estados Unidos no pós-Guerra Fria", dentro do qual está situado o projeto de pesquisa no exterior. Nosso principal objetivo é compreender como as mudanças, por vezes sutis, no papel do excepcionalismo e na construção de uma identidade norte-americana mais propensa a conflitos contribuíram para reformular a política externa norte-americana após 1989. Durante nossa estada nos Estados Unidos, a pesquisa terá como foco a perspectiva de que uma exacerbação à direita da identidade excepcionalista norte-americana tanto na sociedade como, sobretudo, no locus político norte-americano, em conjunto com uma atmosfera internacional favorável, favoreceram aos Estados Unidos adaptarem suas instituições e repensarem seu papel no sistema internacional. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)