Busca avançada
Ano de início
Entree

Tecnologias eletroquímicas verdes para o tratamento de águas residuais poluídas com antibióticos

Processo: 16/11672-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2017
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Marcos Roberto de Vasconcelos Lanza
Beneficiário:Fernando Lindo Silva
Supervisor no Exterior: Manuel Andrés Rodrigo Rodrigo
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidad de Castilla-La Mancha, Ciudad Real (UCLM), Espanha  
Vinculado à bolsa:13/16690-6 - Estudo da degradação dos antibióticos amoxicilina e ampicilina utilizando eletrodos de difusão gasosa modificados com quinonas (2-terc-butil-9,10-antraquinona e 2-etil-9,10-antraquinona), BP.DR
Assunto(s):Eletroquímica   Técnicas eletroquímicas   Antibióticos   Tratamento de águas residuárias   Tecnologia limpa   Química verde

Resumo

As tecnologias eletroquímicas provaram ser um método alternativo eficiente e viável para os poluentes de remoção de águas residuais. O uso do eletrodo de diamante e do peróxido de hidrogênio pode ser adequado para fazer tais tecnologias limpas e de acordo com os princípios da química verde. Este projeto tem por objetivo o desenvolvimento de uma técnica de tratamento eletroquímico para o tratamento de uma solução contendo antibióticos. Em primeiro lugar, os processos de degradação dos antibióticos serão feitas em uma célula eletroquímica de bancada em que uma série de variáveis serão estudadas como por exemplo, íons ferro em diferentes concentrações, a luz ultravioleta (lâmpada) e várias concentrações de peróxido de hidrogênio, usando um eletrodo de diamante como eletrodo de trabalho. Em uma segunda etapa será feito um scale-up da célula usada no passo anterior, em seguida, para que se possa usar uma maior quantidade de efluente. Para a análise da eficácia, os parâmetros quantitativos, tais como a cromatografia líquida de alta eficiência, a análise da demanda química de oxigênio e de carbono orgânico total será efetuada. Finalmente, os dados obtidos na degradação serão comparados com os dados obtidos a partir dos métodos de degradação utilizados no Brasil. Os experimentos serão realizados na Engenharia Eletroquímica e Ambiental Laboratório de Engenharia Química Departamento da Faculdade de Ciências Químicas da Universidade de Castilla La Mancha, Ciudad Real, Espanha. A proposta, é um tema quente hoje, portanto, excelentes trabalhos serão publicados em revistas de fatores de alto impacto. Além disso, a colaboração entre diferentes laboratórios e pesquisadores de diferentes áreas (engenharia, química analítica e eletroquímica) irá permitir uma forte consolidação dessa colaboração e desta linha de pesquisa no Brasil. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA, F. L.; LANZA, V, M. R.; SAEZ, C.; RODRIGO, M. A. Electrochemical dewatering for the removal of hazardous species from sludge. Journal of Environmental Management, v. 233, p. 768-773, MAR 1 2019. Citações Web of Science: 0.
SILVA, FERNANDO L.; SAEZ, CRISTINA; LANZA, V, MARCOS R.; CANIZARES, PABLO; RODRIGO, MANUEL A. The Role of Mediated Oxidation on the Electro-irradiated Treatment of Amoxicillin and Ampicillin Polluted Wastewater. CATALYSTS, v. 9, n. 1 JAN 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.