Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da suplementação com melatonina no processo de transdiferenciação do tecido adiposo branco em tecido adiposo marrom em camundongos obesos

Processo: 16/07638-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 16 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 15 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Maria Isabel Cardoso Alonso-Vale
Beneficiário:Talita da Silva Mendes de Farias Carvalho
Supervisor no Exterior: Saverio Cinti
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università Politecnica delle Marche (UNIVPM), Itália  
Vinculado à bolsa:15/03554-2 - Os efeitos da suplementação com melatonina no quadro do desenvolvimento da obesidade em camundongos, BP.PD
Assunto(s):Tecido adiposo   Obesidade   Mitocôndrias   Melatonina

Resumo

A obesidade está se tornando uma epidemia global e está ligada, direta ou indiretamente, a outras doenças, incluindo hipertensão, doenças cardiovasculares, diabetes e até mesmo alguns tipos de cânceres. A incidência da obesidade em todo o mundo tem aumentado a cada ano, e isso é um indicativo de que as estratégias terapêuticas atuais ainda não são totalmente eficazes. Dados recentes sugerem que a disfunção mitocondrial no tecido adiposo branco pode apresentar um importante papel no desenvolvimento da obesidade através de falhas na regulação da diferenciação dos adipócitos, da apoptose, da produção de radicais de oxigênio, da eficiência da fosforilação oxidativa e na regulação de conversão de adipócitos brancos em adipócitos bege ou marrons (browning do tecido adiposo branco). A melatonina, principal hormônio liberado pela glândula pineal atua como um potente anti-oxidante e ainda, atua como um regulador da bioenergética mitocondrial. Além disso, estudos demonstram que a melatonina é um hormônio responsável por garantir um adequado balanço energético, principalmente através da regulação do fluxo energético, regulando este processo, provavelmente, através da ativação do tecido adiposo marrom. Assim, a melatonina tem emergido como um potente instrumento terapêutico para o tratamento de obesidade . Desta forma, este estudo tem como objetivo investigar como a suplementação com melatonina pode atuar sobre o processo de transdiferenciação do tecido adiposo branco em marron através do uso técnicas de análise morfológica (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.