Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do comprimento e diagnóstico de baixa estatura de início pré-natal em recém-nascidos do sexo feminino de um município do interior do estado de São Paulo

Processo: 16/09771-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Carla Maria Ramos Germano
Beneficiário:Júlia Marioti
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Estatura-idade   Transtornos do crescimento   Retardo do crescimento fetal   Recém-nascido   Antropometria   Pediatria

Resumo

O crescimento de uma criança depende de fatores intrínsecos e extrínsecos e pode ser dividido em duas fases distintas: a pré-natal e a pós-natal. Durante o crescimento pré-natal, aspectos associados à saúde materna e à placenta constituem os fatores extrínsecos ao feto. A carga genética e a integridade do sistema endócrino constituem os fatores intrínsecos. A confiabilidade da medida do comprimento do recém-nascido é essencial para o diagnóstico de baixa estatura de origem pré-natal, que pode ter repercussões no desenvolvimento da criança e do adulto, bem como auxilia no correto diagnóstico e acompanhamento desses recém-nascidos. A adequada avaliação de uma criança com baixa estatura é capaz de identificar o subconjunto de crianças com causas patológicas, a gravidade da baixa estatura e a provável trajetória de crescimento, o que facilita a tomada de decisão sobre intervenções, se necessárias. O objetivo deste trabalho é avaliar o comprimento de recém-nascidos saudáveis da Maternidade da Santa Casa de Misericórdia de São Carlos - SP e sua adequação em relação ao peso e a idade gestacional. Trata-se de pesquisa descritiva, transversal, que será desenvolvida na Maternidade da Santa Casa de Misericórdia de São Carlos, sobre amostra de conveniência, recrutada no período de setembro de 2016 a março de 2017. Procedimentos metodológicos: aplicação de um questionário padronizado para coleta de dados pré-natais e familiares, avaliação da idade gestacional (através da DUM e US precoce) e medida do peso e comprimento dos recém-nascidos, utilizando-se balança digital própria para a idade e estadiômetro horizontal, respectivamente. As variáveis serão apresentadas como média ± erro padrão da média (EPM). A significância estatística das diferenças será determinada pelo teste t e para a análise de correlação ente as variáveis será utilizado o método de correlação de Spearman. O nível de significância adotado será de 5%. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.