Busca avançada
Ano de início
Entree

Razão da força muscular e eletromiográfica dos músculos extensores e flexores cervicais em indivíduos com migrânea: um estudo transversal

Processo: 16/14621-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Débora Bevilaqua Grossi
Beneficiário:Mariana Tedeschi Benatto
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fisioterapia   Eletromiografia   Cefaleia

Resumo

A disfunção cervical, embora mais prevalente em pacientes com cefaleia do tipo tensional, também está presente em migranosos e apresenta como seu principal sintoma a dor. Os migranosos que relatam dor no pescoço apresentam redução da amplitude cervical, piora da incapacidade, alterações no desempenho dos músculos cervicais e maior risco de cronificação da doença. Migranosos apresentam também a redução da força muscular além de um aumento da coativação dos extensores cervicais. Indivíduos com cefaleia do tipo tensional apresentam redução da razão da força muscular entre extensores/flexores dos músculos cervicais. Todavia, a razão da força muscular entre flexores e extensores, bem como a resposta eletromiográfica destes mesmos músculos cervicais em migranosos não está estabelecida na literatura. Objetivos: verificar a razão da força muscular dos músculos extensores e flexores cervicais e a razão eletromiográfica destes mesmos músculos em pacientes migranosos e em indivíduos sem histórico de migrânea ou outra cefaleia. Métodos: a amostra contará com 52 mulheres, com idade entre 18 e 55 anos e diagnóstico de migrânea episódica e crônica que formará o grupo migrânea e 52 mulheres, com a mesma faixa etária compondo o grupo controle. Ambos os grupos responderão a questionários para verificar a incapacidade causada pela dor no pescoço ou migrânea, tais como Neck Disability Index, Migraine Disability Assessment e 12 item Allodynia Symptom Checklist. A força dos músculos cervicais será avaliada por meio de uma contração isométrica voluntária máxima (CIVM), utilizando-se um dinamômetro de mão personalizado (Lafayette Instrument Company®, modelo 2201163, Lafayette, IN, USA). A atividade dos músculos cervicais será adquirida durante a CIVM e também durante o craniocervical flexion test (CCFT) através da utilização de sensores de superfície sem fio (TrignoTM Wireless System, Delsys Inc. Boston, MA¬). Análise estatística: Será realizada uma análise descritiva de todas as variáveis, sendo os dados apresentados na forma de média, desvio padrão, intervalo de confiança e frequência de observações. Uma análise estatística também será realizada de acordo com a natureza e distribuição de cada variável avaliada neste projeto a fim de verificar se haverá alterações na razão dos músculos cervicais nos parâmetros de força muscular e atividade eletromiográfica. Resultados esperados: O conhecimento da razão entre a força e resposta eletromiográfica dos músculos flexores e extensores cervicais pode ser um novo parâmetro na avaliação destes pacientes contribuindo para o melhor diagnóstico cinético funcional dos mesmos. Além de maior esclarecimento sobre o controle motor dos músculos cervicais de pacientes com migrânea e consequentemente, a relação agonistas e antagonistas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BENATTO, MARIANA TEDESCHI; LIMA FLORENCIO, LIDIANE; BRAGATTO, MARCELA MENDES; LODOVICHI, SAMUEL STRACERI; DACH, FABIOLA; BEVILAQUA-GROSSI, DEBORA. Extensor/flexor ratio of neck muscle strength and electromyographic activity of individuals with migraine: a cross-sectional study. EUROPEAN SPINE JOURNAL, v. 28, n. 10, p. 2311-2318, OCT 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
BENATTO, Mariana Tedeschi. Razão da força muscular e eletromiográfica dos músculos extensores e flexores cervicais em indivíduos com migrânea - um estudo transversal. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.