Busca avançada
Ano de início
Entree

Contexto político e clareza de responsabilização dos governadores

Processo: 16/19378-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 30 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Estado e Governo
Pesquisador responsável:George Avelino Filho
Beneficiário:Camila Amaral Gonçalves
Instituição-sede: Escola de Economia de São Paulo (EESP). Fundação Getúlio Vargas (FGV). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/15658-1 - As instituições políticas subnacionais: um estudo comparativo dos estados brasileiros, AP.TEM
Assunto(s):Instituições políticas   Eleitorado   Eleições (processo político)   Voto   Políticos   Partidos políticos

Resumo

Este projeto de iniciação científica tem por objetivo contribuir para a construção do banco de dados e de estudos sobre a "clareza de responsabilidade" dos governadores dos estados brasileiros. Estudos anteriores sobre os resultados das políticas fiscais e eleições estaduais examinaram apenas a disputa para o cargo de governador, sem referência ao controle partidário da legislatura. No entanto, trabalhos sobre voto econômico (Anderson 1995; Powell and Whitten 1993) mostram que quanto maior a "clareza de responsabilidade" em um governo, mais provável é que seja responsabilizado (recompensado ou punido) para o desempenho econômico. Esses autores encontraram que as perdas de voto causados por uma recessão econômica são mais baixos para os membros de uma coalizão que para partidos do governo unitário. Eles sugerem que este resultado é devido à menor "clareza de responsabilidade"; ou seja, o eleitor tem dificuldade em atribuir a responsabilidade concreta de cada um dos partidos no governo. (AU)