Busca avançada
Ano de início
Entree

Comportamento eleitoral e estratégias partidárias de recrutamento dos deputados estaduais evangélicos em São Paulo (2002-2014)

Processo: 16/15307-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Comportamento Político
Pesquisador responsável:Rachel Meneguello
Beneficiário:Marcela Gimenes Tanaka
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/19330-8 - Organização e funcionamento da política representativa no Estado de São Paulo (1994 e 2014), AP.TEM
Assunto(s):São Paulo   Comportamento eleitoral

Resumo

O projeto tem por objetivo compreender a relação entre religião e política nas eleições proporcionais no estado de São Paulo entre 2002 e 2014. Baseado na literatura sobre clivagens sociais e na abordagem sociológica do voto, são dois os objetivos principais do trabalho: compreender que tipo de contexto é propício à formação de preferências eleitorais por políticos evangélicos e compreender como a relação entre religião e política se desenvolve na dimensão do recrutamento partidário. São duas as hipóteses que orientam esse trabalho: a) A partir de estratégias de recrutamento centradas nos líderes partidários e nas regras informais do jogo eleitoral, as agremiações utilizam-se das "máquinas evangélicas" como atalhos para a seleção de candidatos que possuam apelo eleitoral com o fim de angariar mais votos para a legenda; b) o voto nos candidatos evangélicos em São Paulo está concentrado majoritariamente nos territórios de maior vulnerabilidade social e nos estratos sociais com menor escolaridade e renda. A metodologia utilizada é quantitativa, envolvendo dados agregados do TSE e IBGE, além de uma parte qualitativa que engloba a realização de entrevistas com líderes partidários, religiosos e deputados estaduais.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.