Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da qualidade de sono em pacientes com pênfigo e sua relação com a evolução da doença

Processo: 16/16703-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Monica Levy Andersen
Beneficiário:Matheus Pedroni Negrão
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dor   Autoimunidade   Medicina do sono   Pênfigo   Sono

Resumo

O pênfigo é uma doença dermatológica autoimune rara na qual há perda de adesão entre células da pele e/ou mucosas e formação de bolhas e erosões. O processo inflamatório do pênfigo é mediado por citocinas, moléculas moduladoras inflamatórias que estabelecem relação bidirecional com o sono. Distúrbios de sono estão associados a um risco maior para doenças de origem autoimune, possivelmente pela atividade reduzida das células T regulatórias. A insônia é uma comorbidade que foi recentemente associada com o pênfigo. As lesões do pênfigo são habitualmente dolorosas, de forma que a dor crônica pode prejudicar a qualidade de sono dos pacientes. Assim, o presente estudo tem como objetivo avaliar a qualidade de sono e sua relação com a progressão da doença em pacientes com pênfigo. Para isso, serão selecionados indivíduos adultos para os grupos de pacientes diagnosticados com pênfigo vulgar (PV), pênfigo foliáceo (PF) e de indivíduos saudáveis (CTRL). Após aceitar as condições do estudo, serão coletados dados sociodemográficos e aplicados questionários de qualidade subjetiva e distúrbios de sono, cronotipo, qualidade de vida e dor. Os pacientes com pênfigo passarão por avaliação clínica e continuarão no estudo em um braço longitudinal (sem o grupo controle), no qual os pacientes serão reavaliados com repetição dos questionários após 6 meses. Todos os pacientes continuarão em tratamento convencional para o pênfigo durante o protocolo experimental. A qualidade de sono será comparada entre pacientes com pênfigo e o grupo controle e entre os pacientes ao longo do tratamento. Espera-se que esse estudo forneça novas informações sobre a qualidade de sono e sua relação com o quadro clínico da doença. Esses dados podem justificar novas abordagens terapêuticas considerando a inserção da Medicina do Sono na Dermatologia.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PEDRONI, MATHEUS NEGRAO; HIROTSU, CAMILA; PORRO, ADRIANA MARIA; TUFIK, SERGIO; ANDERSEN, MONICA LEVY. The role of sleep in pemphigus: a review of mechanisms and perspectives. ARCHIVES OF DERMATOLOGICAL RESEARCH, v. 309, n. 8, p. 659-664, OCT 2017. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.