Busca avançada
Ano de início
Entree

Modulação da interação entre bactérias promotoras de crescimento e o milho pelo sistema quorum sensing

Processo: 16/16868-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Pesquisador responsável:Maria Carolina Quecine Verdi
Beneficiário:Jaqueline Raquel de Almeida
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/16804-4 - Aplicação das ômicas no entendimento da interação Puccinia psidii x Eucaliptus grandis, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):17/19361-4 - Screening e identificação de novos genes envolvidos no sistema de quorum sensing, BE.EP.MS
Assunto(s):Milho   Percepção de Quorum   Bacillus

Resumo

A cultura do milho é uma das mais importantes para a economia mundial e também brasileira, que exportou quase 32 milhões de toneladas em 2015. Em contrapartida, essa cultura necessita de uma intensa quantidade de fertilizantes químicos, como é o caso do nitrogênio. Uma das alternativas para a redução no consumo de nitrogênio químico é a utilização de bactérias fixadoras de nitrogênio, como é o caso Azospirillum brasilense, já comercialmente utilizado na cultura do milho. Porém, sabemos que os microrganismos não agem sozinhos, tanto no solo quanto no interior da planta existem milhões de bactérias interagindo de maneira complexa. Na busca por outros microrganismos capazes de realizar similar tarefa, a linhagem de Bacillus sp. (RZ2MS9), isolada da rizosfera do guaranazeiro é relatada como promotora de crescimento vegetal nas culturas de milho e soja. Porém, ainda faltam estudos sobre o processo de interação bactéria-planta. Além disso, um trabalho realizado com a linhagem RZ2MS9, co-inoculada com Azospirillum brasilense (Ab-v5), apresentou resultados positivos quanto a promoção de crescimento em milho, corroborando com a proposta de que a co-inoculação com diferentes microrganismos pode promover aumento ainda maior no desenvolvimento vegetal. Essa resposta a co-inoculação pode estar diretamente relacionado ao sistema de quorum sensing (QS), ou seja, o sistema de comunicação existente entre as bactérias, que é fundamental para o controle populacional das espécies bacterianas, além de controlar a formação de biofilmes e regular vários comportamentos. Frente a esse panorama, o presente projeto tem como objetivo monitorar o processo de colonização da linhagem RZ2MS9 marcada com GFP em milho, afim de melhor compreender a interação bactéria-planta. Além disso, a partir do silenciamento do gene aiiA, relacionado ao sistema de QS da linhagem RZ2MS9, será realizado um estudo sobre sua influência durante processo de colonização e na promoção de crescimento vegetal em milho, frente a co-inoculação da linhagem RZ2MS9 com as linhagens A. brasilense (Ab-v5) e B. ambifaria RZ2MS16, previamente relatadas como promotoras de crescimento vegetal de milho.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BATISTA, BRUNA DURANTE; TANIGUTI, LUCAS MITSUO; ALMEIDA, JAQUELINE RAQUEL; AZEVEDO, JOAO LUCIO; QUECINE, MARIA CAROLINA. Draft Genome Sequence of Multitrait Plant Growth-Promoting Bacillus sp. Strain RZ2MS9. MICROBIOLOGY RESOURCE ANNOUNCEMENTS, v. 4, n. 6 NOV-DEC 2016. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALMEIDA, Jaqueline Raquel de. Mecanismos moleculares envolvidos na comunicação bacteriana e na promoção de crescimento de milho. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.