Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção de Streptococcus mutans e da glicoproteína Cnm de canais radiculares infectados associados a abscessos dentários

Processo: 16/18512-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Brenda Paula Figueiredo de Almeida Gomes
Beneficiário:Augusto Rodrigues Lima
Supervisor no Exterior: Jacqueline Abranches
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Florida, Gainesville (UF), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/27366-8 - Análise do conteúdo bacteriano e suscetibilidade de bactérias específicas frente a agentes antimicrobianos, BP.MS
Assunto(s):Streptococcus mutans

Resumo

As infecções endodônticas agudas são comumente tratadas em procedimentos de urgências endodônticas. Os microrganismos podem atingir os tecidos apicais, conduzindo a uma resposta inflamatória intensa. Se não forem tratadas, estas infecções podem progredir resultando em condições de risco de morte e complicações sistêmicas. Sabendo que Streptococcus mutans têm sido associado a doenças sistêmicas, será de extrema importância detectá-los nos canais radiculares e em exsudados dos abcessos apicais agudos associados. Sendo assim, os objetivos deste estudo são: 1) Detecção de S. mutans em amostras do canal radicular infectado e abcessos apicais agudos associados; 2) Determinação de sorotipos dos S. mutans encontrados nas amostras; 3) Detecção da glicoproteína Cnm presente nos S. mutans em ambos os sítios investigados. Foram selecionados pacientes que necessitavam de terapia endodôntica devido à presença de necrose pulpar e abcesso apical agudo associado (n = 10). As amostras para análises microbiológicas foram coletadas do canal radicular e do abcesso apical agudo. O DNA será extraído das amostras de ambos os sítios. A detecção de S. mutans nas amostras dos canais radiculares e exsudados dos abcessos será realizada por PCR utilizando os primers específicos para a espécie S. mutans 479F e 479R assim como foi descrito por Chen et al., 2007. A determinação do sorotipo dos S. mutans que forem detectados nas amostras será determinada por conjuntos de primers específicos: C- sorotipo , f-, e- , como foi descrito por Shibata et al., 2003, bem como um conjunto de primers específicos do sorotipo-k como foi descrito por Nakano et ai, 2004. S. mutans UA159 (c), B14 (e), OMZ175 (f) e OM88X (K) serão utilizados como cepas de referência para S. mutans de cada sorotipo. As amostras onde forem detectados S. mutans serão analisadas quanto a presença do gene Cnm através de PCR utilizando os primers CNM-541F e CNM-9011R. Os dados serão tabelados e analisados estatisticamente. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.