Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise estratigráfica das bacias sedimentares do Iguatu, Ceará

Processo: 16/16537-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Pesquisador responsável:Giancarlo Scardia
Beneficiário:André Renan Costa Silva
Instituição-sede: Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Estratigrafia   Bacias sedimentares   Ceará

Resumo

O Nordeste Brasileiro apresenta extensa história geológica relacionada à tectonismo divergente e estabelecimento de sequências rifte responsáveis pela separação dos continentes Sulamericano e Africano durante o Cretáceo. Tais eventos levaram à formação de uma série de bacias sedimentares denominadas Bacias Interiores do Nordeste, dentre as quais, as Bacias Sedimentares do Iguatu. O Grupo Iguatu abrange uma área sedimentar rasa de aproximadamente 550 km2, caracterizada por sedimentação clástica e evidente controle estrutural causado pela Faixa Cariri-Potiguar e suas zonas de cisalhamento proterozóicas NE-SW. As bacias apresentam uma estruturação de meio-graben com mergulhos suaves na direção NW e fortes na direção SE. A divisão dos sedimentos do Grupo Iguatu se dá através de uma bacia homônima, juntamente com as bacias de Malhada Vermelha, Lima Campos e Icó, adjacentes a faixa orogênica Orós-Jaguaribe, contudo a evolução dos sedimentos podem se associar ao Lineamento de Patos. A estratigrafia do pacote sedimentar é complexa devido ao cenário geológico e estrutural da região, com alternâncias de litotipos sedimentares como arenitos, conglomerados, siltitos, folhelhos e ritmitos. Este projeto busca esclarecimentos acerca da evolução sedimentar dentro do contexto tectônico da região através do mapeamento geológico-estrutural e da análise estratigráfica das Bacias do Iguatu, com a aplicação da datação paleomagnética dos sedimentos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, André Renan Costa. Análise estratigráfica, sedimentar e paleomagnética do Grupo Iguatu, Ceará, Brasil. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Geociências e Ciências Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.