Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso de plantas modelo e de citros para estudo funcional de genes associados à resistência a clorose variegada dos citros e ao cancro cítrico

Processo: 16/20734-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Vegetal
Pesquisador responsável:Alessandra Alves de Souza
Beneficiário:Eduarda Regina Fischer
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/10957-0 - Interação Xylella fastidiosa-inseto vetor-planta hospedeira e abordagens para o controle da clorose variegada dos citros e cancro cítrico, AP.TEM
Assunto(s):Tabacum   Xanthomonas citri   Xylella fastidiosa   Arabidopsis thaliana

Resumo

A obtenção de plantas transgênicas de citros é um processo demorado e que não possui ainda uma alta eficiência de transformação, podendo atrasar o estudo funcional de genes de interesse. Dificuldades no processo podem desencorajar esses estudos, sendo que a utilização de plantas modelo se torna uma alternativa bastante útil para a caracterização funcional de genes. Plantas modelo como Nicotiana tabacum e Arabidopsis thaliana foram descritas recentemente como hospedeiras da bactéria Gram-negativa Xylella fastidiosa, agente causal da Clorose Variegada dos Citros (CVC). Assim, o uso desses hospedeiros alternativos pode ampliar rapidamente os estudos funcionais de genes candidatos à resistência a essa bactéria. Dessa forma, presente trabalho tem como objetivo (i) obter plantas transgênicas de tabaco com genes candidatos a conferir resistência/tolerância a X. fastidiosa; (ii) avaliar mutantes e mutantes complementados de A. Thaliana com genes envolvidos com a resposta de defesa a patógenos; e (iii) transformar citros com genes promissores por conferir resistência a X. fastidiosa.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.