Busca avançada
Ano de início
Entree

Dor musculoesquelética na infância e na adolescência: experiência de um ambulatório multiprofissional especializado

Processo: 16/09946-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Claudio Arnaldo Len
Beneficiário:Maria Beatriz Torgal Miranda Dias Fonseca
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Fibromialgia   Dor musculoesquelética   Registros médicos   Análise demográfica   Fatores epidemiológicos   Ambulatório hospitalar

Resumo

O estudo de dor crônica na criança e adolescente vem crescendo, principalmente em relação a dor musculoesquelética idiopática, umas das causas mais prevalentes. Ela envolve diversos aspectos, sendo alguns deles, ainda não bemidentificáveis, entre causas orgânicas e psicossociais, e, altera a qualidade de vida dos pacientes. Assim, para o seu tratamento, busca-se um modelo biopsicossocial, necessitando de uma equipe multidisciplinar para abordagem adequada do paciente. Para isso, são necessários novos estudos que consigam aprofundar nas casuísticas desses. Objetivos: O presente estudo pretende uma avaliação demográfica e clínica dos pacientes acompanhados no Ambulatório de Dor no Setor de Reumatologia Pediátrica, além de uma correlação entre fatores epidemiológicos e clínicos e o impacto da abordagem Material e Métodos: Levantamento dos dados dos prontuários de pacientes acompanhados no ambulatório da dor. Após, formulação de uma planilha em computador, com os dados colhidos para análise estatística descritiva dos resultados encontrados.