Busca avançada
Ano de início
Entree

Marcadores neurocognitivos para o diagnóstico precoce e diferencial para a doença de Alzheimer e a demência frontotemporal variante comportamental.

Processo: 16/20275-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Monica Sanches Yassuda
Beneficiário:Gabriela Cabett Cipolli
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/07967-2 - Marcadores neurocognitivos para o diagnóstico precoce e diferencial para a Doença de Alzheimer e a demência frontotemporal: variante comportamental, AP.R
Assunto(s):Envelhecimento   Doença de Alzheimer   Demência frontotemporal   Cognição

Resumo

Estudos epidemiológicos indicam que a prevalência de demência irá crescer de forma mais intensa em países de baixa e média renda. Há grande interesse na identificação de provas neurocognitivas que possam auxiliar no diagnóstico precoce das demências. O paradigma visual short-term memory binding (VSMB) tem sido apontado como um marcador cognitivo promissor para identificar doença de Alzheimer (DA) pré clínica. Objetivos: Estudo 1. Avaliar se o VSMB consegue diferenciar idosos cognitivamente normais (CN) de idosos portadores de comprometimento cognitivo leve (CCL) e DA; Estudo 2. Investigar marcadores cognitivos inovadores baseados na cognição social para apoiar o diagnóstico precoce da demência frontotemporal variante comportamental (DFTvc). Métodos: Estudo 1: serão avaliados 30 idosos CN, 30 diagnosticados com CCL e 30 com DA, por meio de bateria neuropsicológica que incluirá o teste VSMB, aplicado na sua versão androide para tablets. Estudo 2: 30 CN serão comparados a 30 idosos diagnosticados com DFTvc e a 30 idosos com DA. A bateria neuropsicológica conterá o teste VSMB e medidas de cognição social: Mini Social Cognition and Emotional Assessment (Mini-SEA) e o paradigma Ultimatum Game. Nos dois estudos o diagnóstico de CN, CCL, DA e DFTvc será realizado por neurologistas experientes apoiados por equipe multiprofissional segundo critérios internacionais. Espera-se contribuir para o diagnóstico precoce e diferencial da DA e da DFTvc com marcadores cognitivos inovadores, para que as famílias possam ser apoiadas adequadamente durante o diagnóstico precoce e o tratamento destas condições.