Busca avançada
Ano de início
Entree

Presença de fibromialgia associadas às disfunções temporomandibulares dolorosas em adolescentes

Processo: 16/03177-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Daniela Aparecida de Godoi Gonçalves
Beneficiário:Letícia Bueno Campi
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Fibromialgia   Adolescentes   Síndrome da disfunção da articulação temporomandibular   Disfunção temporomandibular

Resumo

Introdução:A disfunção temporomandibular (DTM), condição de dor musculoesquelética do sistema mastigatório, e tem sido apontada como a principal causa de dor não-dentária na região orofacial entre adultos. Estudos recentes têm apontado aumento de sua prevalência entre crianças e adolescentes, da mesma maneira que de outras síndromes dolorosas, como a fibromialgia (FM). Embora entre adultos a relação de comorbidade entre DTM e FM seja conhecida, entre crianças e adolescentes ainda não foi investigada. Objetivo:Investigar associação entre FM e DTM dolorosa em adolescentes após identificação e ajuste dos fatores de confusão. Material e método: Trata-se de estudo analítico, observacional, transversal, comparando adolescentes com e sem DTM dolorosa. A amostra será composta por 700 adolescentes, com 12 a 14 anos de idade, matriculados em escolas públicas e particulares de Araraquara. O diagnóstico e classificação da DTM dolorosa será por meio do Research Diagnostic Criteria for Temporomandibular Disorders, Eixo I. A avaliação da FM juvenil será baseada nos critérios propostos por Yunus e Masi em 1985. Outras variáveis como gênero, raça, classificação econômica, sintomas depressivos e cefaleias também serão coletadas. Para estudo das associações serão aplicados o teste do qui-quadrado e o teste t de Student ou Mann Witney U. Serão utilizados modelos de regressão para estimar a associação (odds ratio) entre DTM dolorosa e FM juvenil, corrigindo pelas variáveis demográficas, alterações psicossociais, e cefaleias.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CAMPI, Letícia Bueno. Dor generalizada, sensibilização central e qualidade de vida em adolescentes com disfunções temporomandibulares dolorosas. 2019. 120 f. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Odontologia (Campus de Araraquara)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.