Busca avançada
Ano de início
Entree

Overview de revisões sistemáticas sobre a efetividade e segurança da estimulação cerebral profunda

Processo: 16/17954-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Rachel Riera
Beneficiário:Mauricio Elias Nunes da Silva
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Medicina baseada em evidências   Neurocirurgia   Neuropsiquiatria   Estimulação cerebral   Revisão sistemática

Resumo

A estimulação cerebral profunda é uma intervenção neurocirúrgica estereotáxica, introduzida inicialmente como abordagem terapêutica alternativa para distúrbios do movimento refratários ao tratamento medicamentoso de escolha. Estudos têm sustentado a indicação da estimulação cerebral profunda para o tremor relacionado à doença de Parkinson e para o tremor essencial. Na prática, a estimulação cerebral profunda também vem sendo utilizada, com ou sem regulamentação, em outras doenças neurológicas e neuropsiquiátricas. Tendo em vista a diversidade de aplicações possíveis já conhecidas e estudadas, a distância entre as evidências científicas e a prática e a alta prevalência de doenças que ainda necessitam de novas abordagens terapêuticas efetivas, esse estudo tem como objetivo mapear e analisar as evidências de revisões sistemáticas publicadas sobre a efetividade e a segurança da estimulação cerebral profunda no tratamento de diversas doenças neurológicas e neuropsiquiátricas.