Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da interação de arsênio e selênio em cultivares de arrozes brasileiros

Processo: 16/14881-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Bruno Lemos Batista
Beneficiário:Vitória Aparecida Procópio
Instituição-sede: Centro de Ciências Naturais e Humanas (CCNH). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/05151-0 - Arsênio e arroz: monitoramento e estudos de (bio)remediação para segurança alimentar, AP.JP
Assunto(s):Toxicologia de alimentos   Produtos agrícolas   Cultivares   Arroz   Contaminação de alimentos   Selênio   Arsênio   Biofortificação

Resumo

O selênio (Se) é um elemento presente nos alimentos agrícolas, pois este é absorvido do solo durante o cultivo. O Se é de grande importância para o bom desenvolvimento dos organismos; entretanto, se este composto estiver presente em excessiva concentração pode ser tóxico. O solo pode conter excessos de Se, seja por formas naturais ou ações antropogênicas, em ambos os casos a quantidade absorvida deste metalóide pelos organismos será maior que o necessário, caracterizando a forma de elemento tóxico no organismo. O arsênio (As), também é um elemento presente no cultivo dos produtos sendo considerado somente tóxico. Quando o ser humano é exposto ao As, este pode ocasionar uma série de doenças, inclusive alguns tipos de câncer, pois é facilmente absorvido por via oral e respiratória. O arroz é um alimento consumido por mais da metade da população mundial, sendo a espécie de arroz Oryza sativa L. a mais cultivada. A maior parte deste grão é formada por amido, por isso é considerado uma alta fonte energética, além de apresentar outros nutrientes que podem auxiliar na prevenção de algumas doenças. A maior parte do arroz é cultivada na forma de irrigação, com solos alagados, o que favorece a absorção de elementos solúveis em água, como algumas formas de Se e As. Assim, na planta, normalmente estes elementos podem se concentrar nos grãos. Por serem considerados elementos complexos, pois assumem diversas formas químicas, o As e o Se precisam ser monitorados durante o cultivo e a absorção destas diferentes espécies avaliadas. A forma a ser analisada envolve não só a concentração total de cada elemento, mas também as concentrações de cada forma em que estes se encontram, por possuírem diferentes toxicidades. O arroz deve ter destaque especial, pois é um grão muito consumido mundialmente, tornando relevante a análise e o estudo da sua qualidade nutricional para a saúde da população; desenvolvendo futuramente métodos que evitem a presença destes elementos tóxicos na sua produção. Portanto, o presente estudo visa selecionar cultivares de arrozes brasileiros quanto a absorção de As. Após, estes cultivares serão avaliados quando a absorção de Se e também quando co-expostos a As e Se. Pretende-se selecionar as melhores cultivares quanto a predileção por Se e, preferencialmente, baixa absorção de As, contribuindo assim com seleção de cultivares que possam ser tóxico-nutricional mais seguras.