Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de aula dialogada e quizz no aprendizado sobre fisiologia da secreção salivar

Processo: 16/22026-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Fernanda Klein Marcondes
Beneficiário:Barbara Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50419-2 - Comportamento e saúde bucal: perspectivas interdisciplinares e aspectos emocionais no processo saúde-doença, AP.TEM
Assunto(s):Secreção salivar   Ensino e aprendizagem   Educação em odontologia   Métodos de ensino   Avaliação da aprendizagem

Resumo

Enquanto em aulas teóricas tradicionais, o aluno ocupa posição passiva, "recebendo" informações do professor, a complementação ou substituição das aulas teóricas com a utilização de metodologias ativas possibilita que o aluno participe ativamente do processo ensino-aprendizagem e permite seu engajamento na construção de seu conhecimento. Neste contexto, na disciplina Cárie II, ministrada no primeiro ano do curso de Graduação em Odontologia da FOP - UNICAMP, têm sido utilizadas como metodologias ativas aula dialogada (aula teórica combinada com discussão de artigos científicos e exercícios) sobre secreção salivar, e questões via aplicativo para celular gratuito. Avaliar a percepção dos alunos sobre os impactos destas metodologias sobre o seu aprendizado, e comparar o desempenho dos alunos nas avaliações antes e após a implantação das metodologias, são mecanismos importantes para avaliação da hipótese de que as metodologias promoveriam aumento do aprendizado, e também para o aprimoramento destas metodologias. Serão avaliados os questionários de avaliação discente sobre as metodologias acima citadas utilizadas nas aulas de Fisiologia, da disciplina Cárie II. Estas metodologias foram utilizadas pela primeira vez em 2015. Neste estudo, objetiva-se avaliar se houve alteração na proporção de erros e acertos nas questões de prova antes (2012 - 2014) e após o uso destes recursos didáticos (2015-2017) e avaliar a percepção dos alunos sobre o método de ensino empregado. (AU)