Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de uma nova técnica de limpeza da língua: análise de parâmetros diagnósticos do hálito e microbiológicos

Processo: 16/10704-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Elcia Maria Varize Silveira
Beneficiário:Ana Carolina de Souza Gonçalves
Instituição-sede: Centro de Ciências da Saúde. Universidade do Sagrado Coração (USC). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Língua (anatomia)   Higiene bucal   Halitose   Microbiologia oral

Resumo

O mau hálito é considerado uma das maiores causas de visita ao dentista, somente superado pela cárie e doença periodontal. Na maioria dos casos, a halitose tem etiologia intrabucal, por possuir numerosos microambientes que abrigam bactérias e propiciam características que facilitem sua atividade proteolítica e putrefativa. O dorso da língua é considerado uma das fontes primárias do mau hálito. Procedimentos mecânicos são comumente utilizados para a remoção da saburra lingual, com efeito na diminuição da halitose. Dessa forma, o objetivo deste projeto é avaliar uma nova técnica de higiene lingual 'Técnica do X' e seus efeitos em relação ao hálito e à quantidade de microrganismos presentes na língua, de acordo como diferentes recursos diagnósticos do hálito e parâmetros microbiológicos. Inicialmente, o hálito de cada paciente será classificado por meio de medições organolépticas (ORL) e auto-avaliação indicada em uma Escala Visual Analógica (EVA) para, em seguida serem coletadas amostras de saburra proveniente do dorso lingual. Os pacientes receberão instrução quanto à técnica de escovação da língua 'Técnica do X' (grupos teste) e, após 15 dias consecutivos de limpeza mecânica sistematizada do dorso lingual (duas vezes ao dia), nova análise do hálito e coleta de saburra serão realizadas para comparação dos dados relacionados aos efeitos da técnica em relação ao hálito e quantidade de microrganismos. Uma vez que a 'Técnica do X' tenha sua efetividade comprovada, poderá contribuir para melhorar a qualidade de higiene oral, além de agir diretamente na redução dos níveis de halitose da população, visto que é uma técnica simples e acessível. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE SOUZA GONCALVES, ANA CAROLINA; NOGUEIRA MARTINS, MARISOL CORVINO; DE PAULA, BRUNA LUISA; WECKWERTH, PAULO HENRIQUE; BRAGA FRANZOLIN, SOLANGE DE OLIVEIRA; VARIZE SILVEIRA, ELCIA MARIA. A new technique for tongue brushing and halitosis reduction: the X technique. Journal of Applied Oral Science, v. 27, 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.