Busca avançada
Ano de início
Entree

Atendimento prestado a crianças e adolescentes vítimas de violência intrafamiliar sexual sob a ótica dos profissionais do Centro de Referência especializado de assistência social (CREAS)

Processo: 16/05111-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem - Enfermagem de Saúde Pública
Pesquisador responsável:Maria das Graças Bomfim de Carvalho
Beneficiário:Luiza Araújo Freitas
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Crianças   Pessoal de saúde   Delitos sexuais   Adolescentes

Resumo

A violência intrafamiliar se dá quando o autor da violência possui algum grau de parentesco ou envolvimento afetivo com a vítima. A repercussão na saúde de crianças e adolescentes tem sido objeto de inúmeras pesquisas no campo da saúde pública, demonstrando tratar-se de fenômeno de alta prevalência e grande impacto na saúde mental e física destes e que se reproduz geração após geração. Um dos tipos de violência intrafamiliar contra crianças e adolescentes que tem recebido maior atenção é a sexual, que ainda representa um grande desafio para o setor da saúde e demais setores de proteção a esses atores, pois o reconhecimento e o acompanhamento desse evento são dificultados por fatores de ordem social, emocional, psicológica e cultural. Os municípios possuem órgãos que recebem notificações destas violências, como Conselho Tutelar, delegacias, e na cidade de Uberlândia - MG, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) é o órgão de media complexidade que oferta apoio a estes indivíduos e suas famílias por meio de ações continuadas. Com isso, justifica-se a importância de conhecer o impacto deste atendimento na vida das crianças e adolescentes que são atendidas por este serviço, para repensar as práticas realizadas por esta equipe e assim melhor subsidiar as politicas já existentes de prevenção e proteção a este público. Assim, trazemos enquanto objeto de estudo o atendimento prestado pelos profissionais do CREAS às crianças e adolescentes vítima de violência sexual. Entendemos que neste primeiro momento, conhecer o impacto deste atendimento na vida das vítimas, segundo o olhar dos profissionais que atendem estes casos, permite reavaliar as práticas de atendimento que estão sendo utilizadas e propor métodos que possam melhorar a qualidade de vida destas vítimas através de intervenção mais adequada ao contexto destes sujeitos. O objetivo geral deste estudo é compreender os significados que os profissionais atribuem ao atendimento prestado no CREAS às crianças, adolescentes e suas famílias em situação de violência sexual na cidade de Uberlândia-MG, detalhando as características CREAS o e de seus profissionais, descrevendo e analisando os atendimentos prestados as crianças, adolescentes e suas famílias envolvidas na violência sexual intrafamiliar, sob a ótica dos profissionais dos CREAS, para construção de um cuidado integrador a esta população. Com abordagem qualitativa, a coleta de dados será realizada através da realização de grupos focais, entrevistas semiestruturadas e pesquisa documental. A análise dos dados será ancorada no Paradigma da Complexidade, e direcionada pela compreensão e contextualização dos dados, por meio das seguintes etapas: classificação e organização das informações coletadas; organização de quadros referenciais; e estabelecimento de relações entre os dados. Os resultados reforçarão a mudança de paradigma para o olhar e, consequentemente, para o cuidado destas crianças, adolescentes e suas famílias envolvidas na Violência Sexual Intrafamiliar, buscando a construção de respostas e projetos de intervenção mais eficazes junto a esses atores, bem como a promoção do empoderamento individual e comunitário.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FREITAS, Luiza Araújo. Atendimento prestado por profissionais do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) às crianças, adolescentes e suas famílias envolvidas na violência sexual intrafamiliar. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.