Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da ativação do Receptor Ativado por Protease do tipo 2 (PAR-2) sobre a atividade osteoclástica de células do ligamento periodontal

Processo: 16/11399-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Periodontia
Pesquisador responsável:Marinella Holzhausen Caldeira
Beneficiário:Bruno Nunes de França
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FO). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Imunologia   Receptor ativado por protease do tipo 2   Periodontite   Ligamento periodontal   Reabsorção óssea

Resumo

A Periodontite é definida como uma doença crônica inflamatória que resulta na destruição dos tecidos periodontais de suporte formados pelo cemento, osso alveolar e ligamento periodontal. Tal destruição é em decorrência da presença persistente de microrganismos específicos nos tecidos periodontais. Estudos indicam que as proteases (ou proteinases) bacterianas possuem a capacidade de modular a resposta imuno-inflamatória do hospedeiro cisteínas-proteases bacterianas, produzidas pela Porphyromonas gingivalis, podem atuar como moléculas sinalizadoras ao se ligarem com o Receptor Ativado por Protease do tipo 2 (PAR-2). O PAR-2 tem um importante papel no processo inflamatório, e está associado com o aumento de mediadores inflamatórios associados com a destruição do periodonto, IL-6, IL8, TNF-±, MMP-2, MMP-8, entre outros além disso, foi demonstrado que o PAR-2 tem um papel na reabsorção óssea por estimular a regulação de fatores de remodelação óssea como MMP-1, MMP-9, IL-6 e RANKL. Ainda, pode agir sobre a diferenciação de osteoblastos e osteoclastos durante o crescimento e a reparação óssea. Células mesenquimais indiferenciadas do ligamento periodontal coletadas de dentes com reabsorção primária, tiveram expressão aumentada de runt relacionado à transcrição do fator 2 (Runx2), o qual leva ao aumento nos níveis de ligante do receptor ativador do fator nuclear Kapa-ß (RANKL) e diminuição da osteoprotegerina (OPG). Esse desequilíbrio entre RANKL e OPG leva a maior diferenciação osteoclástica, contribuindo possivelmente a maiores perdas ósseas periodontais. Existe, porém a necessidade de mais estudos a fim de elucidar os efeitos da ativação do PAR-2 sobre os tecidos periodontais. O objetivo do presente estudo é avaliar o efeito da ativação do PAR-2 sobre a atividade osteoclástica de células do ligamento periodontal. Serão avaliados os efeitos da ativação do PAR-2 sobre a expressão de Runx2, RANKL, OPG, ALP, OPN e OC, além da influência do PAR-2 sobre a proliferação de células do ligamento periodontal além da produção de IL-10 e TGF-ß1. (AU (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROVAI, EMANUEL SILVA; BATITUCCI AMBROSIO, LUCAS MACEDO; DE FRANCA, BRUNO NUNES; DE OLIVEIRA, LETICIA RODRIGUES; GASPARONI, LETICIA MIQUELITTO; SIPERT, CARLA RENATA; HOLZHAUSEN, MARINELLA. Protease-Activated Receptor Type 1 Activation Enhances Osteogenic Activity in Human Periodontal Ligament Stem Cells. STEM CELLS INTERNATIONAL, 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.