Busca avançada
Ano de início
Entree

Benefícios diretos resultantes da preferência sexual da fêmea por machos ornamentados: a hipótese da fertilidade fenótipo-lincada na vespa eusocial Polistes dominula (Hymenoptera: Vespidae: Polistinae)

Processo: 16/18254-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2017
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Fábio Santos do Nascimento
Beneficiário:André Rodrigues de Souza
Supervisor no Exterior: Beani Laura
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : Università degli Studi di Firenze, Itália  
Vinculado à bolsa:15/05302-0 - A escolha do parceiro sexual em vespas eusociais (Hymenoptera: Vespidae: Polistinae), BP.PD
Assunto(s):Comportamento sexual

Resumo

A preferencia de fêmeas por parceiros sexuais com determinados ornamentos (preferencia sexual) evolui mesmo em espécies onde a contribuição reprodutiva do macho é mínima (apenas o ejaculado). Embora benefícios indiretos como "bons genes" , "filhos sexy" ou compatibilidade genética sejam tipicamente evocados para explicar tal fenômeno, uma alternativa é que a qualidade reprodutiva do macho (por exemplo, a qualidade do ejaculado) está associada à sua ornamentação, de forma que ao escolher machos com determinados ornamentos, a fêmea obtenha ejaculado de melhor qualidade. Tal explicação constitui a hipótese da fertilidade fenótipo-lincada. Ela tem sido testada em aves, peixes, mamíferos e alguns insetos. Himenópteros sociais (vespas, abelhas e formigas) são bons modelos para testar tal hipótese, já que machos fornecem apenas o ejaculado durante a reprodução. Contudo, apenas nos últimos anos foram reportados sinais visuais (ornamentos) mediando a escolha do parceiro sexual pela fêmea de algumas vespas sociais. Considerando os recentes avanços na pesquisa sobre seleção sexual nesse grupo, a presente proposta visa testar, pela primeira vez, a hipótese da fertilidade fenótipo-lincada em um inseto social- a vespa Polistes dominula. Nesta espécie, o esforço reprodutivo do macho é caracterizado exclusivamente por esforço de acasalamento, não apresentando esforço parental. Especificamente, machos defendem arenas sem recursos (leques) que são visitadas por fêmeas. Machos fornecem apenas o ejaculado durante a reprodução. Ainda assim, fêmeas exercem a preferência sexual, escolhendo machos com base na morfologia de um par de manchas abdominais (ornamentos). Três questões serão formuladas: a ornamentação do macho está associada à aspectos apropriados da qualidade do seu ejaculado? o ejaculado presente na espermateca da fêmea é semelhante àquele dos machos com ornamentação preferida? a semelhança entre o ejaculado dos machos com ornamentação preferida e o ejaculado presente na espermateca é resultado da preferencia sexual da fêmea? Para responder estas questões, serão utilizadas as abordagens experimental, comportamental e celular. Esperamos que os resultados obtidos com esse projeto sejam de grande interesse para a comunidade científica que estuda como a seleção sexual molda o comportamento e a morfologia dos organismos.