Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelos de norma de reação para estudo da interação genótipo x ambiente em rebanhos da raça Nelore

Processo: 16/17517-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Situação:Interrompido
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Claudia Cristina Paro de Paz
Beneficiário:Anielly de Paula Freitas
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):19/01814-8 - Modelos de norma de reação para estudo da interação genótipo x ambiente em rebanhos da raça Nelore, BE.EP.DR
Assunto(s):Inferência bayesiana   Melhoramento genético animal

Resumo

O fenótipo é resultado da expressão gênica, do efeito do ambiente e da interação destes fatores. A maioria das características de interesse econômico são poligênicas, ou seja, estão determinadas pela expressão de um grande número de genes. A ação destes genes pode estar condicionada pelo conjunto de efeitos ambientais, desta forma é muito importante estudar o efeito da interação genótipo e ambiente sobre as características de crescimento em bovinos da raça Nelore. O objetivo deste estudo será avaliar a importância da interação genótipo x ambiente e o efeito de diferentes práticas de seleção para peso aos 210 dias de idade para machos e fêmeas, peso aos 378 dias para machos e peso aos 550 dias para fêmeas sobre a sensibilidade ambiental de bovinos da raça Nelore provenientes de três rebanhos, mediante ao estudo de normas de reação ao ambiente, obtidas por regressão aleatória usando abordagem bayesiana, além de estimar a tendência genética dos rebanhos. Serão utilizados aproximadamente 8482 informações de animais da raça Nelore, nascidos entre 1981 e 2015, provenientes de rebanhos do Centro APTA Bovinos de Corte, do Instituto de Zootecnia de Sertãozinho, SP. Serão estimados os componentes de (co)variância e parâmetros genéticos para as três características, nos três rebanhos, utilizando um modelo animal padrão (MA) e dois modelos hierárquicos de normas de reação (resíduo homogêneo e heterogêneo). Para verificar o modelo de melhor ajuste será utilizado o critério de informação da deviance (DIC). As tendências genéticas serão estimadas para cada rebanho e característica tanto para o nível geral de produção (intercepto da NR) quanto para a habilidade específica de resposta à variações ambientais (inclinação da NR).