Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da degradação de adesivos estruturais utilizados em sistemas de reforço de estruturas de concreto armado

Processo: 16/20025-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Estruturas
Pesquisador responsável:Gláucia Maria Dalfré
Beneficiário:Amanda Duarte Escobal Mazzú
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Reforço de estruturas   Cimento reforçado com fibras   Resinas epoxi   Envelhecimento acelerado   Umidade atmosférica

Resumo

Este projeto é baseado na análise experimental da degradação das propriedades mecânicas de adesivo estruturais, neste caso, de resinas epoxídicas, utilizadas em sistemas de reforço externo de estruturas aplicadas segundo a técnica Externally Bonded Reinforcement (EBR). Nesta técnica de reforço, o desempenho global de uma estrutura exteriormente reforçada com FRPs (Fiber Reinforced Polymer, em língua inglesa) depende essencialmente da eficácia da ligação entre o FRP e o concreto. No entanto, este reforço estrutural externo fica exposto às condições ambientais (ciclos de gelo-degelo, temperatura, carbonatação, radiação ultravioleta, ciclos de umidade-secagem), além do fato de que ficam diretamente expostos à ação do fogo e a atos de vandalismo. A durabilidade das resinas, sua ligação ao substrato do elemento estrutural a ser reforçado e, principalmente, seu desempenho face ao processo de envelhecimento em longo prazo são pouco conhecidos. Recentemente, um programa experimental exploratório de corpos de prova de resina foi realizado de modo a verificar a possível degradação da resina frente a sua exposição a umidade constante. Os resultados obtidos no programa experimental demonstraram a redução temporal da tensão de ruptura e do módulo de elasticidade das resinas epoxídicas utilizadas no sistema de reforço frente a sua exposição a umidade constante. Deste modo, baseado nos resultados obtidos no programa experimental exploratório, uma nova campanha de ensaios para avaliação da degradação de resinas epoxídicas é aqui proposto para acompanhamento da evolução temporal de propriedades mecânicas de resinas usualmente utilizadas em sistema de reforço externo quando exposto a intempéries, ciclos de umidade, umidade constante e envelhecimento acelerado. (AU)