Busca avançada
Ano de início
Entree

Entendo o impacto das refeições na dieta e na saúde: consumo alimentar, estilo de vida, estado nutricional e os fatores de risco cardiovascular

Processo: 16/10484-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 15 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Nutrição
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Dirce Maria Lobo Marchioni
Beneficiário:Bartira Mendes Gorgulho
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Refeições   Fatores de risco para doença cardiovascular

Resumo

Apesar do crescente número de estudos sobre o consumo de refeições e saúde, saltando de 25 publicações no ano de 1985 para 730 publicações no ano de 2015 (Pubmed), ainda não há consenso na literatura sobre o impacto que as refeições possam ter na qualidade global da dieta, e nos desfechos em saúde. Nesse contexto, combinando o uso de métodos dirigidos por hipóteses, métodos dirigidos por dados e métodos híbridos, permitindo uma visão holística da relação dieta e saúde, o estudo objetiva avaliar o impacto de cada umas das refeições (café da manhã, almoço e jantar) na qualidade global da dieta e na saúde, considerando o estilo de vida, o estado nutricional e os fatores de risco cardiovascular dos adultos residentes no município de São Paulo. Será utilizado dados secundários de consumo alimentar provenientes do Inquérito de Saúde de São Paulo, estudo ISA-Capital. Após proposição do modelo conceitual entre dieta, refeição e fatores de risco cardiovascular, a associação entre a qualidade global da dieta, estimada pelo Índice de Qualidade da Dieta revisado, com os padrões de café da manhã, almoço e jantar, estimado por análise fatorial, será realizada através de modelos de equações estruturais, técnica de análise de dados multivariada que combina procedimentos estatísticos de análise fatorial e de regressão múltipla. E a comparação entre o impacto de cada uma das refeições (café da manhã, almoço e jantar) na qualidade global da dieta será analisada com técnicas de Machine Learning, aplicando algoritmos de classificação (arvore de decisão). (AU)