Busca avançada
Ano de início
Entree

Clorina como fotossensibilizador para terapia fotodinâmica sobre Streptococcus mutans

Processo: 16/09296-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 31 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Juliana Campos Junqueira
Beneficiário:Maíra Terra Garcia
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Microscopia de força atômica   Fármacos fotossensibilizantes   Terapia fotodinâmica   Microbiologia aplicada   Biofilmes   Streptococcus mutans

Resumo

A terapia fotodinâmica (PDT) vem se mostrando eficaz na redução de micro-organismos patogênicos da cavidade bucal, auxiliando no tratamento de doenças estomatológicas até então tratadas de maneira convencional. Diferentes fotossensibilizadores para a PDT têm sido descritos, incluindo a Clorina. Entretanto não existem estudos na literatura que testaram os efeitos da PDT mediada por Clorina sobre bactérias cariogênicas, como Streptococcus mutans. Com isso, o objetivo desse estudo será avaliar a ação da terapia fotodinâmica (PDT), mediada pela associação do fotossensibilizador clorina e luz Laser de Arseneto de Gálio e Alumínio, sobre culturas planctônicas e biofilmes de S. mutans. Para o estudo em culturas planctônicas, será adicionada suspensão bacteriana padronizada de S. mutans em placas de 96 poços. Para o estudo em biofilmes, serão confeccionados fragmentos de esmalte a partir de dentes incisivos bovinos como substrato para a formação do biofilme em placas de 24 poços. As culturas em crescimento planctônico e os biofilmes serão tratados de acordo com os seguintes grupos experimentais: fotossensibilização e irradiação com Laser (F+L+); aplicação apenas do Laser (F-L+); aplicação apenas do fotossensibilizador (F+L-); e grupo controle sem tratamento (F-L). Os resultados serão analisados por meio da contagem de UFC/mL de S. mutans em placas contendo ágar Infuso Cérebro Coração (BHI) incubadas por 48h a 37°C sob condições microaerófilas. Após os tratamentos, os biofilmes formados sobre os fragmentos de esmalte também serão analisados por Microscopia de Força Atômica procurando-se detectar efeitos da PDT sobre a superfície dos biofilmes. Para a análise estatística, será realizada Análise de Variância (ANOVA) e teste de Tukey. Em todos os ensaios experimentais será utilizado o programa GraphPad Prism 5.0, com nível de significância de 5%.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GARCIA, MARIA TERRA; CORREIA PEREIRA, ANDRE HENRIQUE; ALVES FIGUEIREDO-GODOI, LIVIA MARA; CARDOSO JORGE, ANTONIO OLAVO; STRIXINO, JULIANA FERREIRA; JUNQUEIRA, JULIANA CAMPOS. Photodynamic therapy mediated by chlorin-type photosensitizers against Streptococcus mutans biofilms. Photodiagnosis and Photodynamic Therapy, v. 24, p. 256-261, DEC 2018. Citações Web of Science: 2.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GARCIA, Maíra Terra. Clorina com fotossensibilizador para Terapia Fotodinâmica sobre Streptococcus mutans. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" Instituto de Ciência e Tecnologia (Campus de São José dos Campos)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.