Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da efetividade do tratamento com microdoses de lítio, combinado ou não com ambiente enriquecido, para o envelhecimento saudável

Processo: 16/20574-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Tânia Araújo Viel
Beneficiário:Helena Nascimento Malerba
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (FCMSCSP). Fundação Arnaldo Vieira de Carvalho. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Envelhecimento   Memória (psicologia)   Lítio

Resumo

Com o aumento da longevidade populacional vê-se necessário o aumento da aplicação de conhecimentos gerontológicos para promover um envelhecimento saudável. A proximidade da velhice acarreta aumento de doenças prevalentes dessa faixa etária, principalmente as doenças crônicas que muitas vezes podem ser debilitantes. Nosso grupo de pesquisa, nos últimos anos, vem mostrando os benefícios do enriquecimento ambiental e a administração de microdoses dos íons de lítio para a melhora da memória de animais e seres humanos, o que pode levar à longevidade com saúde. De acordo com esses fatores a hipótese do presente projeto é que o tratamento com íons de lítio em microdose, juntamente com a aplicação de enriquecimento ambiental, podem potencializar a prevenção e tratamento das disfunções orgânicas que ocorrem na velhice, promovendo o resiliência cerebral. Portanto o objetivo do projeto é verificar a efetividade do tratamento com microdoses de lítio, por via oral, em camundongos pertencentes à linhagem que apresenta velhice acelerada (SAMP-8, "senescence-accelerated mouse") combinada ou não com o enriquecimento ambiental, para a promoção do envelhecimento saudável. Os animais serão divididos em quatro grupos: 1) Grupo Controle: sem tratamento e sem estimulação; 2) Grupo Lítio: tratados com 0,25mg/kg de carbonato de lítio, dissolvidos na água de beber; 3) Grupo Ambiente Enriquecido (AE): colocados diariamente em ambiente enriquecido, constituído por diferentes objetos; 4) Grupo AE + Lítio: tratados com lítio e colocados em ambiente enriquecido. Durante o tempo de observação, os animais serão avaliados quanto à memória espacial (em labirinto de Barnes), memória de reconhecimento de objetos, memória relacionada a estímulo aversivo (em esquiva inibitória) e ansiedade (em labirinto em cruz elevado). Os animais serão mortos de acordo com um "ponto de finalização", a partir de observações gerais da sua saúde (redução do comportamento alimentar, dor, aparecimento de tumor, etc). Pretendemos, com isso, avaliar se os tratamentos propostos promoverão neuroproteção, evitando os declínios cognitivos e distúrbios associados, observados nesse modelo experimental. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TELLES-LONGUI, MILENA; MOURELLE, DANILO; SCHOWE, NATALIA MENDES; CIPOLLI, GABRIELA CABETT; MALERBA, HELENA NASCIMENTO; BUCK, HUDSON SOUSA; VIEL, TANIA ARAUJO. alpha 7 nicotinic ACh receptors are necessary for memory recovery and neuroprotection promoted by attention training in amyloid-beta-infused mice. British Journal of Pharmacology, v. 176, n. 17 JULY 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.