Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização do padrão de expressão e aspectos do mecanismo de regulação dos genes das globinas na próstata

Processo: 16/06543-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Hernandes Faustino de Carvalho
Beneficiário:Isabella Barbutti Gonçalves
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Regulação da expressão gênica   Próstata

Resumo

Os genes da alpha (HBA) e beta-globina (HBB) humanas estão organizados em clusters situados nos cromossomos 16 e 11, respectivamente, e sua expressão é restrita a células eritróides. A regulação da expressão dos genes é amplamente estudada. Interessantemente, trabalhos anteriores de nosso laboratório identificaram a expressão de globinas na próstata ventral de roedores (ratos e camundongos): em recém-nascidos e em adultos castrados ou submetidos a dieta normolipídica preparada com banha de porco. Nestes últimos, a expressão dos genes Hba e Hbb foi variável, mas em quantidades aparentemente estequiométricas. Ao contrário, a próstata ventral de adultos controle não expressa esses genes, sugerindo haver uma relação inversa entre a expressão desses genes e a diferenciação celular.. Por se tratar de descoberta interessante, reforçada por dados de proteômica existentes na literatura, nosso objetivo é verificar se a expressão dos genes das ±- e ²-globinas em células epiteliais prostáticas compartilha elementos de regulação similares àqueles observados durante a diferenciação de células eritróides e verificar se há correlação da expressão desses genes com a progressão tumoral em humanos, quando as células se tornam menos diferenciadas. Para isto, investigaremos os mecanismos de regulação da expressão dos genes HBA/Hba e HBB/Hbb na próstata ventral de camundongos e em linhagens derivadas de células epiteliais humanas tumorais e não tumorais, em comparação com células eritróides. Também avaliaremos a expressão dos genes das globinas durante a progressão tumoral in vivo e in silico e seu possível potencial como marcador precoce da tumorigênese. Com esse projeto, esperamos identificar aspectos inéditos da regulação da expressão gênica na próstata que sejam subjacentes à regulação androgênica.