Busca avançada
Ano de início
Entree

Alcalóides bromopirrólicos do microbioma cultivável da esponja marinha Tedania brasiliensis

Processo: 16/16033-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Orgânica
Pesquisador responsável:Roberto Gomes de Souza Berlinck
Beneficiário:Jairo Iván Quintana Bulla
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Alcaloides   Biossíntese   Metabolômica

Resumo

A comunidade microbiana associada a esponjas marinhas é imensamente diversa, abundante e é fonte de significativa diversidade química. Alcaloides bromopirrólicos de esponjas marinhas apresentam diversas e potentes atividades biológicas, tendo sido encontrado exclusivamente em esponjas marinhas. Todavia, pirróis bromados também são produzidos in vitro por bactérias marinhas. O isolamento destes metabólitos a partir do meio de cultura de bactérias levanta o seguinte questionamento: seriam alcaloides pirrólicos polibromados isolados de esponjas produzidos por estes animais ou por micro-organismos associados? O objetivo deste projeto é isolar e identificar bactérias aeróbias associadas à esponja Tedania brasiliensis, bem como caracterizar o perfil químico de culturas das linhagens isoladas com intuito de identificar eventual micro-organismo(s) produtor(es) principalmente de alcaloides pirrólicos bromados previamente isolados de T. brasiliensis, e também outros metabólitos secundários produzidos em meio de cultivo.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.