Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização de mecanismos envolvidos na rápida regulação de POMC em resposta à dieta hiperlipídica

Processo: 16/23271-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 27 de março de 2017
Vigência (Término): 26 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Licio Augusto Velloso
Beneficiário:Daniela Soares Razolli
Supervisor no Exterior: Florian Tobias Merkle
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Cambridge, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:14/00742-0 - Caracterização de mecanismos envolvidos na rápida regulação de POMC em resposta à dieta hiperlipídica, BP.PD
Assunto(s):Obesidade

Resumo

O estabelecimento da obesidade se dá pela associação entre fatores genéticos, metabólicos e hormonais. Como consequência leva a resistência a insulina, doenças cardiovasculares, hipertensão, dislipidemia e alguns tipos de câncer. A obesidade afeta mais de 500 milhões de pessoas no mundo, o que representa um dos maiores fenômenos clínicos epidemiológicos da atualidade. Nos últimos dez anos estudos mostraram que ácidos graxos saturados atuam via TLR4 ativando vias de sinalização celular que culminam na expressão de mediadores de inflamação, estresse de retículo endoplasmático e apoptose de neurônios que participam da ingestão alimentar e gasto energético. Além disso, piora a sinalização intestino-cérebro e secreção de peptídeos gastrointestinais.O consumo de uma dieta rica em ácidos graxos saturados leva a inflamação hipotalâmica e quebra da sinalização anorexigênica, especialmente de neurônios POMC, favorecendo o ganho de peso. Nós utilizamos camundongos propensos (OP) e resistentes (OR) a obesidade para caracterizar os mecanismos envolvidos na função de neurônios POMC após ácido graxo saturado. Nós concluímos experimentos que suportam a hipótese que o palmitato pode modular a expressão de enzimas envolvidas na síntese de a-MSH e b-endorfina. Recentemente Dr. Florina Merkle eficientemente gerou neurônios hipotalâmicos funcionais a partir de células humanas tronco pluripotentes (hPSCs). Em colaboração com Dr. Merkle nós gostaríamos de testar nossos principais achados de roedores em células POMC humanas, como parte do projeto BEPE. Nós acreditamos que esses experimentos irão elevar a qualidade de nosso trabalho de modo significativo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.