Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do tipo de morte celular das células luteais caninas no diestro cíclico e gestacional

Processo: 16/16648-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Maria Denise Lopes
Beneficiário:Ana Carolina Tancredo das Neves
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/00739-9 - Sinalização da insulina no corpo lúteo bovino e canino sob influência de concentrações altas e baixas de 17²-estradiol, AP.TEM
Assunto(s):Corpo lúteo   Fisiologia da reprodução   Apoptose   Morte celular   Luteólise   Cadelas   Diestro

Resumo

Na espécie canina, o corpo lúteo de uma fêmea gestante e não gestante possuem similaridades significativas, fato não observado em outras espécies estudadas. Muitas pesquisas são realizadas a fim de se elucidar como o corpo lúteo gestacional, responsável pela manutenção da gestação, pode ser tão similar tanto do ponto de vista esteroidogênico quanto estrutural ao corpo lúteo cíclico. Com base nessa informação, o CL é considerado por muitos pesquisadores a estrutura chave na regulação do ciclo reprodutivo em cadelas. O objetivo de nosso estudo é avaliar o processo de luteólise das células cultivadas in vitro de cadelas gestantes e não gestantes. Na presente pesquisa será avaliado o tipo de morte celular (necrose ou apoptose celular) ocorrido nas células luteínicas obtidas de corpos lúteos de cadelas prenhes (n=5) e não prenhes (n=5) na fase final do diestro cíclico e gestacional que foram cultivadas in vitro e coletadas através do processo de tripsinização após 60 horas de cultivo e armazenadas a -80°C. Essa avaliação será realizada através da medida da relação ADP/ATP obtidas pela utilização do Kit Aposensor ADP/ATP Ratio Bioluminescent Assay. As células luteínicas utilizadas nessa pesquisa serão aquelas cedidas pelo estudo "Função luteal no diestro cíclico e gestacional canino: uma abordagem celular do ponto de vista gênico e metabólico", processo FAPESP N° 2013/15358-8 e 2014/00739-9. (AU)