Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação entre o peptídeo C16, derivado da laminina-111, e a integrina beta 1 em células de mama. mecanismos envolvidos e consequências funcionais

Processo: 16/20228-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Ruy Gastaldoni Jaeger
Beneficiário:Maria Raquel Unterkircher Galheigo
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Integrinas   Biologia tumoral   Laminina   Transdução de sinais   Neoplasias mamárias

Resumo

A neoplasia maligna da mama feminina está entre as mais incidentes na população brasileira, correspondendo a 28,1% dos tumores. Nesse contexto, a literatura mostra claramente o importante papel que o microambiente tumoral assume durante a progressão e metástase do câncer. Tal microambiente é composto por diversos tipos de células, as quais estão inseridas na matriz extracelular (MEC). A laminina-111, uma glicoproteína presente na MEC, após clivagem por metaloproteinases, expõe sequências ou fragmentos peptídicos os quais apresentam atividade biológica. Dentre esses, o peptídeo C16 tem chamado a atenção dos pesquisadores devido ao seu grande potencial pró tumoral. Estudos realizados em nosso laboratório mostraram que esse peptídeo influencia importantes etapas da biologia tumoral, como migração, invasão, formação de invadopódios e secreção de proteases. Além disso, a atividade induzida por C16 se reduz em células tumorais com a expressão da integrina beta1 depletada por RNAi. Diante disso, nos motivamos a estudar em maior detalhe a interação C16 e a integrina beta1. Para tanto, esse projeto tem como objetivo principal buscar compreender os mecanismos envolvidos com a interação entre o peptídeo C16, derivado da laminina-111, e a integrina beta1 em células tumorais de mama. Analisaremos também vias de sinalização ativadas por tal interação, bem como os efeitos funcionais inerentes.