Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação do efeito de diferentes enxaguatórios bucais comerciais com álcool sobre a viabilidade de biofilme microcosmo e prevenção da desmineralização do esmalte

Processo: 16/20915-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Ana Carolina Magalhães
Beneficiário:Giovana Bissoli Degand
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Placa bacteriana   Anti-infecciosos   Cárie dentária   Cariologia

Resumo

Diferentes agentes antimicrobianos com e sem álcool são utilizados para controlar o biofilme dentário, dentre eles o cloreto de cetilpiridínio, óleos essenciais, xilitol, fluoreto, triclosan e clorexidina. Esses enxaguatórios bucais comerciais são frequentemente usados pela população sem prescrição com o intuito principal de controlar a halitose. Os agentes ativos que compõem os enxaguatórios bucais comerciais podem modificar o metabolismo dos microrganismos afetando a produção de ácidos que desmineralizam a estrutura dentária, porém há poucos estudos comparativos entre estes agentes ativos. Este trabalho terá como objetivo avaliar o efeito desses enxaguatórios bucais comerciais com álcool sobre a viabilidade de um biofilme microcosmo assim como sobre a prevenção da desmineralização do esmalte. Para a formação do biofilme microcosmo, será coletada a saliva de 2 indivíduos saudáveis, que não tenham escovado os dentes nas últimas 24h e que não tenham bebido líquidos ou ingerido alimentos nas últimas 2h. A saliva será diluída (70% saliva e 30% glicerol), e alíquotas de 1ml de saliva serão armazenadas a -80ºC e posteriormente misturadas à saliva artificial de McBain (com 0,2% de sacarose) para formação do biofilme cariogênico. Amostras de esmalte bovino (4 mm x 4 mm) serão preparadas para a formação do biofilme microcosmo por 7 ou 14 dias, o qual será tratado diariamente (1x60s/dia) com os seguintes enxaguatórios bucais comerciais: PerioGard®, Noplak®, Listerine®, Malvatricin® e Cepacol®. No Ensaio 1, as bactérias vivas e mortas no biofilme serão evidenciadas por fluorescência com microscópio confocal. No Ensaio 2, a desmineralização provocada pelo biofilme nas condições estudadas será mensurada por microradiografia transversal. Os dados serão submetidos à análise estatística apropriada (teste paramétrico ou não paramétrico, p<0,05). (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BRAGA, ALINE SILVA; DEGAND, GIOVANA BISSOLI; PIRES, JULIANA GONCALVES; SOARES DOS SANTOS, DAIANA MOREL; MAGALHAES, ANA CAROLINA. Effect of oral antimicrobial mouthrinses containing alcohol on viability of Streptococcus mutans and microcosm biofilm and on the prevention of enamel caries lesions. AMERICAN JOURNAL OF DENTISTRY, v. 31, n. 3, p. 121-125, JUN 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.