Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese hidrotérmica assistida por micro-ondas de óxido de zinco decorado com nanopartículas de platina para detecção de compostos orgânicos voláteis

Processo: 16/22219-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Diogo Paschoalini Volanti
Beneficiário:Taís Nascimento Teixeira Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Compostos orgânicos voláteis   Heteroestruturas   Sensores   Platina   Nanopartículas

Resumo

Sensores de compostos orgânicos voláteis (VOCs) apresentam grande importância para aplicação no meio ambiente e também na área da saúde. Entretanto, os dispositivos usualmente utilizados ainda precisam melhorar sua sensibilidade, tempo de resposta e tempo de vida útil. Nesse sentido, o projeto de pesquisa refere-se à avaliação do efeito sinérgico de nanopartículas (NPs) de platina (Pt) depositadas na superfície do óxido de zinco (ZnO) micrométrico para melhorar a sensibilidade aos VOCs. As heteroestruturas Pt/ZnO serão preparadas em duas etapas: (I) cristalização do ZnO (com morfologia controlada) pelo método hidrotérmico assistido por micro-ondas, a partir da precipitação das soluções de Zn2+ pulverizadas por spray ultrassônico em solução alcalina, e (II) redução de soluções aquosas de Pt4+ com borohidreto de sódio para obter diferentes concentrações em massa (ex.: 2, 5 e 10%) de Pt metálica em relação ao ZnO. Espera-se aumentar a sensibilidade das heteroestruturas pelo efeito catalítico da Pt. Dessa forma, a densidade de espécies de oxigênio ionosorvidas será aumentada na superfície dos sensores, que, por sua vez, podem reagir com as moléculas dos VOCs. Todos os materiais sintetizados serão caracterizados por difração de raios-X, microscopia eletrônica de varredura e transmissão, espectroscopia na região do infravermelho, medidas de área superficial e análise térmica. As respostas de sensoras das amostras puras de ZnO e das heteroestruturas Pt/ZnO serão avaliadas por medidas elétricas (mudança de condutividade) na presença de baixas concentrações (ex.: 5, 50, 100 e 200 ppm) dos vapores dos VOCs (ex.: etanol, metanol, acetona, xileno e benzeno). Esta proposta contará com o apoio do auxílio à pesquisa regular financiado pela FAPESP (Proc.: 14/17343-0) (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ZITO, CECILIA A.; PERFECTO, TARCISIO M.; OLIVEIRA, TAIS N. T.; VOLANTI, DIOGO P. Bicone-like ZnO structure as high-performance butanone sensor. Materials Letters, v. 223, p. 142-145, JUL 15 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.