Busca avançada
Ano de início
Entree

A importância de integrar evidências morfológicas e moleculares em análises filogenéticas em rãs da família Craugastoridae (Anura: Brachycephaloidea)

Processo: 16/25070-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Taran Grant
Beneficiário:Jhon Jairo Ospina Sarria
Supervisor no Exterior: Rafe Brown
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Kansas, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:14/03585-2 - Análise filogenética das rãs de desenvolvimento direto (Anura, Terrarana, Craugastoridae), BP.DR
Assunto(s):Herpetologia

Resumo

Uma importante tendência recente na sistemática é a reintegração de dados morfológicos em análise de evidência total. Os dados do fenoma (por exemplo, os dados da morfologia, do comportamento, da ontogenia, etc.), proporcionam uma fonte ricamente independente de evidência filogenética e uma estrutura importante para "testar" hipóteses moleculares, permitindo que todas as evidências interajam simultaneamente para identificar a hipótese que melhor explica todas as evidências. A análise da evidência total está se tornando cada vez mais popular, abrindo assim novas fronteiras na biologia evolutiva. Poucos estudos têm explorado o efeito da incorporação de dados do fenoma e maiores conjuntos de dados de seqüência de DNA em análises de total evidência. No entanto, aqueles que fizeram isso descobriram que mesmo um conjunto de dados do fenoma relativamente pequeno pode ter impactos desproporcionalmente grandes sobre os resultados. Por exemplo, análises preliminares dos dados obtidos durante minha pesquisa de doutorado sobre a superfamília Brachycephaloidea revelaram um forte impacto nos resultados, com as três famílias atualmente aceitas, que foram erguidas apenas com base em dados moleculares, sendo monofilético na análise apenas molecular, mas apenas um deles sendo monofilético quando a morfologia também foi incluída. Dada a importância demonstrada dos caracteres morfológicos no teste das relações filogenéticas deste grupo, proponho visitar a coleção herpetológica do Museu de História Natural da Universidade do Kansas (KU), a maior coleção de Brachycephaloidea do mundo, para avaliar caracteres morfológicos na superfamília Brachycephaloidea com ênfase em Craugastoridae. Os dados resultantes serão incluídos na minha dissertação em uma nova análise de evidência total sob os critérios de parcimônia e máxima verossimilhança, o que irá revelar a importância relativa de dados do fenoma abordagens baseadas em modelos e não baseadas em modelos. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
JAIRO OSPINA-SARRIA, JHON; ANGARITA-SIERRA, TEDDY. A New Species of Pristimantis (Anura: Strabomantidae) from the Eastern Slope of the Cordillera Oriental, Arauca, Colombia. Herpetologica, v. 76, n. 1, p. 83-92, MAR 2020. Citações Web of Science: 0.
OSPINA-SARRIA, JHON JAIRO; DUELLMAN, WILLIAM E. Two New Species of Pristimantis (Amphibia: Anura: Strabomantidae) from Southwestern Colombia. Herpetologica, v. 75, n. 1, p. 85-95, MAR 2019. Citações Web of Science: 0.
JAIRO OSPINA-SARRIA, JHON; CABRA-GARCIA, JIMMY. Parsimony analysis of unaligned sequence data: some clarifications. CLADISTICS, v. 34, n. 5, p. 574-577, OCT 2018. Citações Web of Science: 0.
RADA, MARCO; OSPINA-SARRIA, JHON JAIRO; GUAYASAMIN, JUAN M. A Taxonomic Review of Tan-Brown Glassfrogs (Anura: Centrolenidae), with the Description of a New Species from Southwestern Colombia. South American Journal of Herpetology, v. 12, n. 2, p. 136-156, AUG 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.