Busca avançada
Ano de início
Entree

Sensibilização da ingestão de sódio e expressão hipotalâmica do gene do receptor de apelina

Processo: 16/20967-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2016
Vigência (Término): 30 de novembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Laurival Antonio de Luca Junior
Beneficiário:Letícia de Menezes Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Sede   Angiotensinas   Desidratação   Sódio na dieta

Resumo

O comportamento de ingestão de sódio, além de constituir uma reação à desidratação extracelular decorrente de depleção de sódio, funciona também de modo antecipatório e plástico permitindo adaptação a ambientes onde ocorre deficiência crônica ou intermitente de sal. Mostramos recentemente que episódios de privação hídrica que sensibilizam o apetite ao sódio alteram a transcrição hipotalâmica de componentes do sistema renina angiotensina e também do receptor de apelina, peptídeo que se opõe a efeitos da angiotensina II na secreção de vasopressina e pressão arterial. O protocolo Furo/Cap tem sido utilizado para produzir rapidamente (em apenas duas horas) apetite ao sódio sendo, portanto, útil para produzir sensibilização rápida deste apetite. O objetivo do presente projeto é avaliar se existe associação entre a rápida sensibilização do apetite ao sódio decorrente de episódios de Furo/Cap e transcrição genica hipotalâmica do receptor de apelina e de componentes do sistema renina-angiotensina. Os resultados servirão de subsídio para nosso laboratório se envolver em investigações mais detalhadas sobre a função da transcrição genica hipotalâmica na sensibilização do apetite ao sódio. (AU)