Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos de múltiplos estressores nas comunidades bentônicas de costões rochosos

Processo: 16/11947-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Ronaldo Adriano Christofoletti
Beneficiário:Aline Sbizera Martinez
Instituição-sede: Instituto de Saúde e Sociedade (ISS). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/26269-7 - Efeitos de urbanização no funcionamento ecológico de kelps, BE.EP.PD
Assunto(s):Urbanização   Ecologia de comunidades

Resumo

A rápida e crescente urbanização na zona costeira é uma ameaça preocupante para a biodiversidade e funcionamento dos ecossistemas em todo mundo. Com a expansão urbana, a composição, abundânica e distribuição de espécies têm sido modificadas, favorecendo a perda da biodiversidade local, a colonização de espécies exóticas e a alteração de processos ecológicos das comunidades. Uma das maiores problemáticas associada à urbanização é a contaminação das águas costeiras. O aumento do aporte de poluentes está entre os principais fatores responsáveis pelas mudanças na estrutura de comunidades bentônicas. Porém, há pouco conhecimento sobre o efeito interativo de estressores, mesmo sabendo que estressores raramente ocorrem isoladamente no ambiente natural. Assim, torna-se fundamental entender o efeito de múltiplos estressores na comunidade e no funcionamento no ecosistema para que medidas efetivas de manejo sejam tomadas a fim de manter as atuais funções e serviços dos ecosistemas costeiros. O costão rochoso é um importante ecossistema costeiro no Brasil e no mundo. Este ecosistema apresenta elevada diversidade biológica e oferece diversos bens e serviços ao ser humano. Considerando a importância ecológica e econômica desse ecossistema e a vulnerabilidade dos costões rochosos à crescente urbanização costeira, este projeto tem por objetivo: 1) identificar estressores ambientes em diferentes áreas de influência natural e antrópica nos costões rochosos; 2) avaliar padrões de distribuição e abundância de comunidades bentônicas costeiras entre áreas de influência natural e antrópica, 3) respectivas funções ecológicas e alguns dos possíveis processos determinantes desses padrões; e 4) investigar efeito de multiestressores ambientais sobre a comunidade bentônica através de experimentos manipulativos in situ. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Contaminação por metais pode aumentar estresse metabólico em moluscos 
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias: (13 total)
Mais itensMenos itens

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARTINEZ, ALINE S.; MAYER-PINTO, MARIANA; CHRISTOFOLETTI, RONALDO A. Functional responses of filter feeders increase with elevated metal contamination: Are these good or bad signs of environmental health?. Marine Pollution Bulletin, v. 149, DEC 2019. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.