Busca avançada
Ano de início
Entree

Investigação funcional da participação da via de sinalização IGF1R/IRS1 na leucemia linfóide aguda

Processo: 14/14844-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 08 de agosto de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Fabíola Traina
Beneficiário:Ana Paula Nunes Rodrigues Alves
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Transdução de sinais   Leucemia-linfoma linfoblástico de células precursoras   Hematologia

Resumo

A leucemia linfoide aguda (LLA) é uma neoplasia de células linfoides imaturas, caracterizada por falha na diferenciação, aumento da proliferação celular e resistência à apoptose. O tratamento da LLA em adultos é atualmente realizado com múltiplos quimioterápicos, mas a sobrevida ainda é baixa. O estudo de vias de sinalização celular envolvidas na fisiopatologia da doença permite o desenvolvimento futuro de novas terapias. A via de sinalização IGF1R/IRS1 está relacionada ao desenvolvimento e progressão de neoplasias sólidas. Esta via de sinalização se inicia através da ligação do ligante (IGF1) ao seu receptor (IGF1R) com subsequente ativação de seus substratos, que inclui o substrato 1 do receptor de insulina (IRS1). Recentes evidências indicam que a via se sinalização IGF1R/IRS1 ativa PI3K/AKT/mTOR e MAPK e participa das neoplasias hematológicas, podendo atuar como oncogenes e induzir transformação maligna na leucemia mieloide aguda e leucemia linfoide crônica. Dessa forma, o objetivo do nosso trabalho é investigar a participação de IGF1R e IRS1 em modelos de LLA. Em linhagens celulares ou células primárias de pacientes com LLA, IGF1R e IRS1 serão inibidos farmacologicamente; as células serão submetidas a western blotting para a avaliação da ativação da PI3K/AKT/mTOR e MAPK e a estudos funcionais para a avaliação do efeito desta inibição no fenótipo da célula leucêmica. A hipótese a ser testada é de que a via de sinalização IGF1R/IRS1 esteja participando do fenótipo da LLA através da ativação das vias PI3K/AKT/mTOR e MAPK.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NUNES RODRIGUES ALVES, ANA PAULA; FERNANDES, JAQUELINE CRISTINA; FENERICH, BRUNA ALVES; COELHO-SILVA, JUAN LUIZ; SCHEUCHER, PRISCILA SANTOS; SIMOES, BELINDA PINTO; REGO, EDUARDO MAGALHAES; RIDLEY, ANNE J.; MACHADO-NETO, JOAO AGOSTINHO; TRAINA, FABIOLA. IGF1R/IRS1 targeting has cytotoxic activity and inhibits PI3K/AKT/mTOR and MAPK signaling in acute lymphoblastic leukemia cells. Cancer Letters, v. 456, p. 59-68, 2019. Citações Web of Science: 1.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ALVES, Ana Paula Nunes Rodrigues. Investigação funcional da participação da via de sinalização IGF1R/IRS1 na leucemia linfoide aguda. 2018. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.