Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da metabolômica de isolados de Trypanosoma cruzi de pacientes portadores de diferentes formas clínicas da Doença de Chagas

Processo: 16/17844-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Metabolismo e Bioenergética
Pesquisador responsável:Fernanda Ramos Gadelha
Beneficiário:Tabata Fiorillo Dálio
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Doença de Chagas   Metabolômica   Trypanosoma cruzi   Metabólitos   Etiologia

Resumo

A doença de Chagas (DC), cujo agente etiológico é o Trypanossoma cruzi, apresenta quatro formas clínicas (cardíaca, digestiva, cardiodigestiva e indeterminada). Estima-se que haja, aproximadamente, 8 milhões de pessoas portadoras da DC na América Latina. Infelizmente, ainda não há tratamento eficaz para a doença. A heterogeneidade geográfica da DC sugere que a variação genética do hospedeiro, do parasita, ou de ambos, sejam importantes para o estabelecimento das diferentes manifestações clínicas da doença. Até o momento, ainda são desconhecidos os parâmetros biológicos dos parasitas que causam as diferentes formas clínicas. Considerando que a metabolômica é uma técnica que permite a identificação dos metabólitos produzidos ou modificados em um organismo, o objetivo desse projeto é estabelecer uma correlação entre as vias metabólicas de isolados de diferentes pacientes acometidos pelas diversas formas clínicas da DC e a patogênese da doença. O desenvolvimento desse projeto permitirá a identificação de similaridades ou diferenças entre as vias metabólicas dos isolados estudados e a patogênese da doença. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.