Busca avançada
Ano de início
Entree

Modulação in vitro da expressão gênica de alvos inflamatórios pela associação de Pterodon pubescens Benth e Cordia verbenacea DC

Processo: 16/23816-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 31 de maio de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Etnofarmacologia
Pesquisador responsável:Mary Ann Foglio
Beneficiário:Rosanna Tarkany Basting
Supervisor no Exterior: Veronika Butterweck
Instituição-sede: Centro Pluridisciplinar de Pesquisas Químicas, Biológicas e Agrícolas (CPQBA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Paulínia , SP, Brasil
Local de pesquisa : Fachhochschule Nordwestschweiz Hochschule fur Wirtschaft (FHNW), Suíça  
Vinculado à bolsa:15/08600-2 - Pterodon pubescens Benth e Cordia verbenacea DC: avaliação do efeito sinérgico na atividade anti-inflamatória e estudos de mecanismos de ação e sinalização celular, BP.DD
Assunto(s):Citocinas   Fitoquímica   Expressão gênica   Anti-inflamatórios   Cordia   Pterodon

Resumo

A inflamação é uma resposta imunológica complexa relacionada com danos tissulares e/ou celulares causados por estímulos químicos, físicos, imunológicos ou microbianos e é normalmente regulada por uma cascata de muitas interações moleculares e reações bioquímicas responsáveis pela propagação e amadurecimento da resposta inflamatória e envolve a resposta do sistema vascular local, o sistema imunológico e vários tipos de células. Os leucócitos libertam substâncias algogênicas, incluindo acetilcolina, bradicinina, histamina, serotonina, substância P, PGE2, leucotrienos, TNF-±, IL-1² e adenosina monofosfato cíclico (cAMP). O TNF-± pode induzir dor diretamente ou através de estimulação da síntese de IL-1², IL-6 e/ou IL-8. Os níveis de IL-1² são geralmente elevados durante a progressão de doenças auto-imunes em particular. A IL-6 promove a inflamação induzindo neovascularização e hiperplasia, o que é especialmente o caso de desenvolvimentos crônicos. A IL-8 é um quimioatraente potente para linfócitos T, neutrófilos e eosinófilos. Como membros da família c-c, tanto RANTES (Regulated on Activation Normal T-Cell Expressed and Secreted) and MCP-1 (Monocyte Chemotactic Protein 1) representam mediadores, potentes quimio-atraentes para macrófagos e leucócitos ativadores. A dor aparece devido a efeitos diretos de mediadores resultantes de danos iniciais e resposta inflamatória. Os anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) representam um grupo de mais de 20 fármacos com ampla aplicação clínica e apresentam compostos com estruturas químicas heterogéneas que demonstram eficácia para o tratamento da dor e da inflamação. O uso indiscriminado e contínuo de AINEs pode levar a efeitos adversos incluindo distúrbios gastrointestinais, úlceras gástricas, toxicidade renal, problemas cardiovasculares e do sistema nervoso central. Apesar dos avanços na compreensão dos mecanismos moleculares envolvidos na dor e inflamação, as terapias atuais são geralmente insuficientes, porque eles têm efeitos colaterais graves ou eficácia limitada. O uso de fitocomplexos pode ser uma alternativa para o tratamento de doenças inflamatórias. As espécies Cordia verbenacea DC e Pterodon pubescens Benth. São popularmente utilizadas no tratamento de várias doenças inflamatórias e a associação destas duas plantas apresentou real efeito sinérgico, com importante resposta antinociceptiva e principalmente anti-inflamatória em modelos experimentais in vivo, apresentando melhores efeitos e prolongamento da atividade farmacológica, com menor doses eficazes de cada extrato quando utilizado em associações. Tendo em vista as promissoras atividades anti-inflamatórias da mistura de Pterodon pubescens Benth e Cordia verbenacea DC e a falta de informações sobre sua atividade farmacológica, o objetivo deste estudo é investigar o efeito da associação de ambos os extratos na atividade transcripcional de cinco diferentes alvos chave em comparação com os extratos separados e os seus principais compostos isolados, a-humuleno e composto m/z 404, para compreender o mecanismo de sinergismo de ação. (AU)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.

Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação BR1320180763783 - Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) . Solicitação em análise e dentro do prazo legal de sigilo previsto na legislação - 18 de dezembro de 2018

 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.