Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação da enzima ciclooxigenase (COX) e de espécies reativas de oxigênio (EROs) na resposta contrátil estimulada com Angiotensina II em aorta de ratos

Processo: 16/23235-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2017
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia
Pesquisador responsável:Lusiane Maria Bendhack
Beneficiário:Jéssica Aparecida Pelegrin
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):NADPH oxidase   Angiotensina II   Espécies de oxigênio reativas   Endotélio vascular   Músculo liso vascular   Modelos animais

Resumo

O endotélio vascular constitui importante fonte de fatores de sinalização da vasoconstrição e vasodilatação. A angiotensina II (AngII) promove aumento da pressão arterial, disfunção endotelial, hipertrofia do músculo liso vascular e induz a expressão de várias substâncias inflamatórias e vasoativas que desempenham importante papel na patofisiologia de doenças cardiovasculares como hipertensão, aterosclerose e insuficiência cardíaca. Vários autores demonstraram o aumento na produção de espécies reativas de oxigênio (EROs) pela ativação de receptores AT1 pela AngII. A maior fonte de EROs nas células vasculares é a enzima NADPH oxidase. A hipótese do nosso estudo é de que a ativação de receptores AT1 pela AngII promove o aumento da produção de EROs via NADPH oxidase, que ativa a produção de prostanóides contráteis pela maior ativação da COX. O objetivo deste trabalho será estudar o papel das EROs produzidas pela enzima NADPH oxidase e sua interação com os prostanóides produzidos pela enzima ciclooxigenase (COX) em células endoteliais e do músculo liso vascular da aorta de ratos normotensos. Entre os produtos da COX, estudaremos os efeitos do tromboxano A2, responsável pela ativação dos receptores TP, que causam vasoconstrição e agregação plaquetária. O estudo será realizado em aortas de ratos com ou sem endotélio, com a ativação do receptor AT1 pela AngII. Avaliaremos o efeito de inibidores e antagonistas sobre a resposta contrátil estimulada pela AngII e sobre a produção de EROs. Para avaliarmos os efeitos da AngII sobre a ativação da NADPHoxidase e produção de EROs, utilizaremos o sequestrador do ânion superóxido (Tiron) e o inibidor da enzima NADPH oxidase (Apocinina). Para avaliarmos os efeitos da AngII sobre a ativação da COX, utilizaremos o inibidor não seletivo da COX (COX-1, COX-2) Ibuprofeno e o antagonista do receptor TP (SQ29548). Desta forma, será possível avaliar se a resposta contrátil estimulada pela AngII pela ativação de receptores AT1 no músculo liso vascular na aorta de ratos é modulada por produtos da ação enzimática da NADPH oxidase e/ou COX. Avaliaremos também se estas respostas são dependentes das enzimas NADPH oxidase e COX, expressas no endotélio vascular. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)