Busca avançada
Ano de início
Entree

Geocronologia de coberturas superficiais em níveis de baixos terraços na foz dos rios una/pardo (ba), relacionados a transgressões e regressões marinhas, associadas a pulsações climáticas holocênicas

Processo: 16/21335-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Archimedes Perez Filho
Beneficiário:Vinícius Borges Moreira
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Geomorfologia   Holoceno   Geocronologia

Resumo

A ocorrência de coberturas superficiais em diferentes níveis de baixos terraços situadas em zona costeira, pode ser compreendida como resquícios ou testemunhos de condições ambientais diferentes da atual. Reconstruções paleogegráficas e paleoclimáticas podem ajudar a entender os processos responsáveis pela origem deste material de recobrimento. Nesse sentido, este projeto se propõe a analisar sua gênese considerando a hipótese de pulsações climáticas incididas no final do Pleistoceno e Holoceno, tais processos seriam responsáveis pela transgressão e regressão marinha recente originando as coberturas. Para testar essa hipótese, foram escolhidas as bacias hidrográficas dos rios Una e Pardo, localizados na região sul do estado da Bahia para aplicação das metodologias propostas. A datação absoluta por Luminescência Opticamente Estimulada consiste na principal técnica para o reconhecimento e caracterização do período de deposição das coberturas, devido seu alto grau de precisão cronológica e adequação ao tipo de material coletado. Análises morfométricas que serão realizadas no baixo curso dos rios Una e Pardo, e análises físico/químicas do material de recobrimento configuram-se como metodologias auxiliares na interpretação da evolução da paisagem costeira, atendendo as demais demandas da pesquisa. Esta proposta de doutorado está vinculada ao projeto de Auxílio à Pesquisa Regular "guarda-chuva" intitulado, "Espacialização e geocronologia das coberturas superficiais em terraços marinhos, flúvio-marinhos e fluviais no contexto das oscilações climáticas, associadas aos episódios de transgressão e regressão marinha holocênicas no litoral brasileiro", financiado pela FAPESP.